Com boa campanha, Juventude e Cuiabá se enfrentam em duelo de recém- chegados na Série A

·2 minuto de leitura


Em todas as edições do Campeonato Brasileiro, os clubes recém-chegados da Série B buscam um único objetivo: permanecer na primeira divisão. Nesta edição, dos quatro times que subiram no ano passado, apenas Cuiabá e Juventude conseguiram chegar à metade da competição fora da zona de rebaixamento. Neste sábado (11), às 17h, as duas equipes se enfrentam no Estádio Alfredo Jaconi e buscam dar sequência às boas campanhas realizadas até o momento.

Devido aos últimos resultados, os dois clubes chegam embalados para a partida. Pelo lado do Cuiabá, o Dourado venceu o Santos e o Palmeiras, e sofreu apenas 2 gols nos últimos 5 jogos. Já o Juventude, após fazer uma ótima partida e empatar com o Corinthians, fora de casa, não perde há 5 jogos no campeonato. Mesmo com um orçamento inferior em relação aos adversários já estabelecidos na elite, os dois times terminaram o primeiro turno com desempenhos superiores aos de grandes clubes do país.

Segundo Cristiano Dresch, vice do Cuiabá, caso consiga repetir o bom desempenho e permanecer na Série A, será o maior feito do clube na história.

- A gente buscou montar um time que conhecia os caminhos do torneio, com experiência em outros clubes e que sabem a importância de disputar uma Série A. Nosso grande objetivo é permanecer na elite, continuar competindo em um nível alto. Além disso, para o povo mato-grossense representa muito ter um time do estado na Série A - afirma Cristiano sobre os desafios que tiveram.

Com o objetivo de alcançar um bom desempenho na Série A, o Dourado apostou em um elenco competitivo, e contratou jogadores experientes com passagens por grandes clubes, como Walter, Clayson, Marlon e Uendel, atletas que tiveram passagem pelo Corinthians, Paulão, ex-Internacional, Pepê, meio-campista que veio do Flamengo, entre outros nomes de peso.

O Juventude, comandado pelo treinador Marquinhos Santos, tem apresentado um bom futebol e foi uma pedra no sapato dos clubes paulistas na competição. Dos cinco confrontos, o Jaconero venceu o RB Bragantino, empatou com São Paulo, Santos e Corinthians, e só foi derrotado pelo Palmeiras.

Segundo Marcelo Barbarotti, executivo de futebol do clube gaúcho, foi feito um trabalho estratégico pela diretoria de futebol com o objetivo de se manter na primeira divisão.

- Por conta da disparidade orçamentária, permanecer na Série A é muito difícil para as equipes que acabaram de subir. Para otimizar os resultados em campo, fizemos um controle do histórico das equipes que após o acesso conseguiram a manutenção, e também de clubes que foram rebaixados logo em seguida.

- A estratégia adotada foi a de trazer alguns atletas acostumados com a divisão e mesclar com jovens promissores. Até o momento está dando certo, vamos seguir dando suporte e confiantes na permanência - completou Barbarotti.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos