Com Argentina em alta, Messi pede cautela antes da Copa do Mundo

O capitão da seleção argentina, Lionel Messi, expressou seu otimismo antes do início da Copa do Mundo do Catar, mas pediu cautela diante da empolgação de seus compatriotas, em uma entrevista exclusiva publicada neste sábado pelo jornal Olé.

"Vamos para brigar, mas não vamos ser campeões desde o início como nós argentinos pensamos", expressou Messi na entrevista, concedida em Paris.

O astro lidera a lista de 26 jogadores convocados pelo técnico Lionel Scaloni na sexta-feira para o Mundial, com Ángel Di Maria e Paulo Dybala recuperados de suas lesões.

"Embora estejamos muito empolgados, também somos realistas e conscientes de que estamos passando por um bom momento; ao mesmo tempo, temos que saber que é uma Copa, que é muito difícil", ressaltou.

Messi estará em campo neste fim de semana em seu último jogo com o Paris Saint-Germain antes de se juntar à delegação argentina que vai ao Catar.

"No Mundial sempre acontecem coisas que você não imagina, que a priori são raras. E nós temos que pensar no primeiro jogo", explicou.

A Argentina estreia na Copa no dia 22 de novembro contra a Arábia Saudita, pelo Grupo C, que também tem México e Polônia.

Messi pediu aos argentinos que não façam especulações antecipadas.

"Esse já é um erro, pensar nas oitavas. Devemos pensar no primeiro jogo. Começar ganhando é fundamental, começar com o pé direito, somar os três pontos e dar tranquilidade para o jogo seguinte", disse.

O jogador considerou que a equipe deve estar preparada para as dificuldades.

"Com certeza vamos ter algum mau momento, e vamos superá-lo. Este grupo está preparado para isso. De fato, começamos mal. Este grupo foi formado quando perdemos para o Brasil na Copa América em 2019 e, a partir daí, foi gerado o que foi gerado. Bom, acho que vamos estar preparados. Tomara que não haja tantos maus momentos e sigamos em frente", expressou.

"Esperamos dar o máximo como sempre. Vamos sempre lutar poque este grupo luta todos os jogos de igual para igual, jogando melhor ou pior", disse.

A seleção argentina fará um último amistoso pouco antes do início da Copa do Mundo, contra os Emirados Árabes Unidos, no dia 16 de novembro, em Abu Dhabi.

sa/gfe/cb