Com 'chance enorme' de Rodriguinho jogar, Timão deve ter escalação ideal

Bruno Cassucci

O Corinthians deve ter força máxima contra o Botafogo-SP, domingo, na Arena, em busca de uma vaga na semifinal do Campeonato Paulista. Nesta sexta-feira, o técnico Fabio Carille não quis confirmar a escalação, mas mostrou confiança nas recuperações de Jadson e Rodriguinho e indicou que levará a campo a escalação que hoje considera ideal para a equipe.

A única alteração em relação ao time que bateu a Universidad de Chile, na última quarta-feira, será o retorno do lateral-direito Fagner, que cumpriu suspensão na Copa Sul-Americana.

- Estando em condições, eles (Jadson e Rodriguinho) vão para o jogo, a não ser que o departamento médico diga que é perigoso eles se machucarem. Pelo que o Rodriguinho apresentou, chance dele ir para o jogo é enorme - explicou Carille, que destacou o poder de criação da dupla de meias.

O comandante alvinegro fez questão de manter aberta a disputa por posições no Timão, mas admitiu que o Corinthians de domingo será aquele que hoje mais lhe agrada:

- No momento, sim (é o ideal). Mas no futebol muda a cada semana. Já aconteceu do Kazim entrar no lugar do Jô, depois o contrário. É uma briga sadia, eu tento estimular isso, mas deixo em aberto. O Clayton entrou bem no jogo, é um atleta de velocidade, profundidade, que pisa na área. Hoje os 11 para iniciar são esses, mas deixo em aberto - analisou.

Nesta sexta, apenas reservas foram a campo no CT Joaquim Grava, enquanto os titulares ficaram na academia ou realizando sessões de fisioterapia. O Corinthians encerra a preparação para enfrentar o Botafogo-SP na manhã deste sábado, quando Carille confirmará o time titular.










E MAIS: