Com amistoso, Botafogo quebrará seu 'jejum' de jogos disputados na Europa

Botafogo se preparará para voltar a fazer uma excursão (Foto: Vitor Silva / Botafogo)


O amistoso do Botafogo com Crystal Palace (ING), marcado para o dia 3 de dezembro, marcará o fim de um hiato do clube. Graças ao amistoso em Londres com um adversário que é gerido por John Textor, o Alvinegro voltará a fazer um jogo na Europa após 14 anos.

A excursão mais recente do Glorioso aconteceu em 2008. Uma equipe B comandada por Luizinho Rangel deu seu primeiro passo ao disputar a OBI Cup, na Suíça. Porém, seu desempenho foi decepcionante: sofreu uma goleada por 6 a 0 para os anfitriões Young Boys.

Em seguida, o Alvinegro disputou um amistoso com o Partizan, da Sérvia, e se recuperou. A equipe abriu o placar com Adriano Felício. Os sérvios chegaram a igualar com Diarra mas, na etapa final, Fábio garantiu o triunfo por 2 a 1.

Em 15 de julho de 2008, veio o último jogo botafoguense em solo europeu. Válido pela decisão do terceiro lugar da OBI Cup, a partida deixou boas lembranças.

No confronto com o Vitória de Guimarães, Thiago Marín abriu o placar para o Botafogo. Castelo chegou a igualar para o clube português, só que Flávio Pará definiu o triunfo por 2 a 1 em duelo no Stade de Suisse. O time B do Alvinegro também contava com o goleiro Marcos Leandro e o meia-atacante Rodrigo Dantas.

Já com a equipe principal, os botafoguenses não viajam à Europa desde 1999. À época, a equipe disputou o Torneio Centenário do Rapid Viena, na Áustria.

Contando com nomes como Wagner, Russo, Jorge Luiz, Marcelinho Paulista, Sérgio Manoel, Zé Carlos e Waldir, o Botafogo iniciou sua trajetória com uma derrota por 1 a 0 para a Roma. No jogo seguinte, equipe comandada por Mauro Fernandes empatou sem gols com o Werder Bremen e, nos pênaltis, levou a melhor sobre o Werder Bremen (ALE).