Com ajuda de Petros, São Paulo espera por 'sim' do Betis nesta quinta-feira

Jorge Nicola
Petros quer voltar ao Brasil para ficar perto da namorada, Érica Coelho (Arquivo pessoal)

A quinta-feira pode reservar uma boa notícia para o torcedor são-paulino: a contratação de Petros. O Tricolor espera para as próximas horas uma resposta do Betis a sua proposta oficial de compra dos 50% dos direitos econômicos que pertencem ao clube espanhol – o valor da oferta gira na casa dos R$ 9 milhões.

São Paulo e Petros já chegaram a um acordo em relação a salário e tempo de contrato. Caso a resposta do Betis seja positiva, ele se apresentará como reforço até o início da semana e poderá ser registrado no BID a partir de terça-feira, quando se abre a janela internacional de transferências.

“A tendência é de que o negócio saia”, admite um dirigente tricolor, para em seguida revelar a ajuda de Petros. O volante de 28 anos está decidido a voltar ao Brasil e já comunicou esse desejo à diretoria do Betis. A distância de sua namorada, Érica Coelho, que não se mudou para a Espanha por causa de sua profissão, é um dos motivos.

Petros quase foi parar no Palmeiras na semana passada. Porém, após sugestão do coordenador de seleções da CBF, Edu Gaspar, o presidente palmeirense Maurício Galiotte desistiu do volante para contratar Bruno Henrique, do Palermo.

A transação de Petros para o São Paulo não vai render dinheiro ao Corinthians e pode render uma situação no mínimo inusitada. É que o Timão ainda detém 25% dos direitos econômicos do volante e essa fatia não será alterada em caso de acerto com o Tricolor. Desta maneira, Petros pode ser 50% do São Paulo e 25% do Corinthians.

Para acessar outras notícias do Blog do Jorge Nicola, clique aqui: