Com 2 de Rodrygo, Real Madrid vira sobre o City e vai à final da Champions

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
GABRIEL BOUYS
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Real Madrid se classificou para a final da Liga dos Campeões da Europa nesta quarta-feira ao vencer o Manchester City de virada por 3 a 1, no Santiago Bernabéu, com dois gols salvadores de Rodrygo.

O City saiu na frente com Ryad Mahrez aos 28 do segundo tempo, mas o Real conseguiu virar nos acréscimos com os dois gols do atacante brasileiro e levar o jogo para a prorrogação, na qual Karim Benzema fez o terceiro de pênalti e colocou o time espanhol na final contra o Liverpool.

Depois de perder na ida por 4 a 3, o Real Madrid se lançou ao ataque hoje desde o início para ameaçar o gol de Ederson, diante de um City que procurou manter a posse da bola e baixar a temperatura do jogo.

Depois de um primeiro tempo em que as equipes se anularam, os espanhóis voltaram do intervalo com um ritmo ainda mais intenso. Mas quando parecia que o Real Madrid estava próximo de marcar, os 'Citzens' abriram o placar.

Bernardo Silva recebeu sozinho no meio campo para avançar e passar para Mahrez pegar de primeira e balançar as redes do goleiro Thibaut Courtois.

O gol foi um duro golpe para o time merengue, que nessas circunstâncias precisava marcar duas vezes para forçar a prorrogação.

Apesar do cenário desfavorável, o Real Madrid não desistiu e, empurrado pela torcida, empatou aos 45 minutos com Rodrygo, aproveitando bola tocada para o meio da área por Benzema.

Apenas um minuto depois, o atacante brasileiro, que entrou no lugar de Toni Kroos, fez o segundo de cabeça, após cruzamento de Carvajal, para levar o confronto para a prorrogação.

"Todo mundo achou que o jogo tinha acabado (quando o City abriu o placar), um pequeno detalhe foi suficiente, o gol de Rodrygo e toda a nossa energia", comentou depois da partida o técnico do Real Madrid, Carlo Ancelotti.

“A grande virtude deste clube, não só este ano, é não se render nunca. Até o final, vamos Real, essa é a chave”, disse à plataforma Movistar+ o volante Casemiro.

Logo no início do tempo extra, Ruben Dias derrubou Benzema na área e o juiz marcou pênalti, que o próprio francês cobrou e converteu para sacramentar a classificação do Real Madrid para a final da Champions.

"Esta sensação de estar tão perto de conseguir e ainda nos últimos dez minutos se sentir tão controlado pelo adversário é difícil de aceitar. Então eles cobraram o pênalti e tudo acabou", lamentou o técnico do Manchester City, Pep Guardiola.

"Temos que nos recuperar, nossos jogadores deram tudo. Estávamos perto, mas não foi possível, essas coisas acontecem no futebol", acrescentou Guardiola.

-- Ficha técnica de Real Madrid 3 - 1 Manchester City pelas semifinais da Liga dos Campeões:

Estádio: Santiago Bernabéu (Madrid)

Árbitro: Daniele Orsato (ITA)

Gols:

Real Madrid: Rodrygo (2x), Benzema

Manchester City: Mahrez

Cartões amarelos:

Real Madrid: Modric, Carvajal, Éder Militão, Valverde

Manchester City: Laporte, Sterling, Zinchenko

Escalações:

Real Madrid: Courtois - Carvajal, Éder Militão (Vallejo), Nacho Fernández, Mendy - Kroos (Rodrygo), Casemiro (Marco Asensio), Modric (Camavinga) - Valverde, Benzema (cap) (Ceballos), Vinícius Júnior (Lucas Vázquez). Técnico: Carlo Ancelotti

Manchester City: Ederson - Walker (Zinchenko), Cancelo, Dias (cap), Laporte - De Bruyne (Gündogan), Rodri (Sterling), Bernardo Silva - Mahrez (Fernandinho), Gabriel Jesus (Grealish), Foden. Técnico: Josep Guardiola

gr/dr/cb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos