Com 132 brasileiros, Campeonato Português bate recorde e vira um Brasileirão na Europa

Portimonense tem 12 brasileiros no elenco, contra apenas sete portugueses (Ana Borralho/Portimonense)

Depois do Brasil, nenhum país tem tantos jogadores brasileiros quanto Portugal. A Liga NOS, como também é conhecida a primeira divisão do Campeonato Português, contará neste ano com a incrível marca de 132 jogadores do país pentacampeão mundial – todos os 18 times têm brasileiros. Alguns, como o Portimonense, contam com menos portugueses (7) do que brasileiros (12).

A lista de brasucas a serviço dos lusitanos reúne alguns famosos, como o goleiro Júlio César e o atacante Jonas, do Benfica; o zagueiro Felipe, do Porto; e o meia Bruno César, do Sporting. Há também boas promessas, como Tiquinho Soares (atacante do Porto que teve sondagem de 15 milhões de euros da Lazio) e Matheus (goleiro que é irmão do palmeirense Moisés e defende o Braga).

Além de muitas apostas, como Luís Henrique (ex-atacante do Botafogo e hoje no Feirense) e Lucas Evangelista (meia revelado no São Paulo e atualmente no Estoril).

Entre os 132 brasileiros, que seriam capazes de formar 12 times inteiros, há também figuras conhecidas e não muito saudosas, como o ex-zagueiro flamenguista César Martins, do Vitória de Setúbal, o goleiro Muriel, que trocou o Inter pelo Belenenses, e o ex-são-paulino Xandão, que defende o Aves.

Muitas das histórias dos atletas que tentam a sorte por lá se assemelham a de Rafael Costa, volante do Moreirense, rival do Porto neste domingo. Paulista de Araras, ele já passou inúmeras dificuldades no mundo da bola. “Fiquei três meses sem receber no Bragantino bem na época da gravidez da minha esposa. Também passei aperto no Guarani. Agora, o objetivo é jogar bem aqui para não ter mais de voltar ao Brasil”, explica.

Rafael está emprestado pelo Red Bull até junho do ano que vem. A cessão foi gratuita e o Moreirense terá de pagar R$ 550 mil para ficar com 50% dos direitos econômicos do volante, caso queira comprá-lo. “O salário no Moreirense é parecido ao de um time de Série B ou C no Brasil, mas o custo de vida aqui é muito menor e as coisas funcionam em todos os sentidos”, explica.

OS BRASILEIROS NA ELITE DO CAMPEONATO PORTUGUÊS:

Aves: 11 jogadores
Adriano Facchini (G), Rodrigo Soares (LD), Xandão (Z), Rodrigo Defendi (Z), Diego Galo (Z), Washington (M), Valdeir (M), Claudio Falcão (V), Nildo (A), Derley (A) e Amilton (A)

Belenenses: 4
Muriel (G), Cleyton (Z), Maurides (A) e Roni (A)

Benfica: 5
Julio César (G), Luisão (Z), Jardel (Z),  Filipe Augusto (M) e Jonas (A)

Boavista: 4
Assis (G), Vágner (G), Raphael (Z) e Róbson (Z)

Braga: 10
Matheus (G), Raul Silva (Z), Bruno Viana (Z), Marcelo Goiano (LE), Jefferson (LE), Rafael Assis (M), Fransérgio (V), Mauro (V), Danilo (M) e Dyego Souza (A)

Chaves: 11
Anderson Conceição (Z), Victor Massaia (Z), Rafael Furlan (LE), Jefferson (M), Tiago Galvão (M), Foguinho (M), Perdigão (A), Willian (A), Davidson (A), Matheus Pereira (A) e Platiny (A)

Estoril: 12
Abner (LE), Thiago Cardoso (Z), Wesley Dias (V), Eduardo (M), João Gurgel (M), Lucas Evangelista (M), Carlinhos (A), Matheus Índio (A), Tocantins (A), Kléber (A), Allano (A) e Iacovelli (A)

Feirense: 6
Caio (G), Bruno Nascimento (Z), Flávio (Z), Luís Henrique (A), Gustavo Ermel (A) e Edson (A)

Marítimo: 10
Rafael Broetto (G), Charles (G), Bebeto (LD), Pablo (Z), Fabrício Baiano (V), Ibson (A), Rodrigo Pinho (A), Jean Cléber (M), Éber Bessa (A) e Everton (A)

Moreirense: 8
Jhonatan (G), Victor Braga (G), Iago Santos (Z), Bruno Silva (LE), Rafael Costa (V), Bruno Ramires (V), Alan Schons (M) e Neto (M)

Paços Ferreira: 7
Rafael Defendi (G), Bruno Santos (LD), Mateus (V), Gian Martins (M), Welthon (A), Diego Medeiros (A) e Luiz Phellype (A)

Porto: 5
Vaná (G), Felipe (Z), Alex Telles (LE), Otávio (M) e Tiquinho Soares (A)

Portimonense: 12
Leonardo (A), Lucas Possignolo (Z), Jadson (Z), Felipe Macedo (Z), Inácio (LE), Marcel (V), Paulinho (M), Ewerton (M), Dener (M), Bruno Tabata (A), Wellington (A) e Fabrício (A)

Rio Ave: 8
Cássio (G), Lionn (LD), Bruno Teles (LE), Marcelo (Z), Marcão (Z), Leandrinho (M), Ronan (A) e Gabrielzinho (A)

Sporting: 2
Bruno César (M) e Mattheus Oliveira (M)

Tondela: 4
Rafael Amorim (Z), Wágner (A), Murilo (A) e Heliardo (A)

Vitória de Guimarães: 7
Douglas (G), Pedro Henrique (Z), Jubal (Z), Suéliton (Z), Rafael Miranda (V), Raphinha (M) e Rafael Martins (A)

Vitória de Setúbal: 6
Luís Felipe (LD), Patrick (LD), César Martins (Z), Nenê Bonilha (M), Willyan (M) e Allef (M)

G= goleiro
LD= lateral-direito
LE= lateral-esquerdo
Z= zagueiro
V= volante
M= meia
A= atacante

Para acessar outras notícias do Blog do Jorge Nicola, clique aqui: