Com 100% no Flamengo, Renato é o segundo técnico com mais vitórias na história da Libertadores; veja ranking

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Além da classificação para as quartas de final da Libertadores, a goleada do Flamengo sobre o Defensa y Justicia, nesta quarta-feira, teve um outro significado especial para Renato Gaúcho. O técnico chegou à marca de 46 vitórias e se igualou ao uruguaio Luis Alberto Cubilla como o segundo treinador com mais triunfos na história da competição.

+ Flamengo vê coincidência com 2019 no horizonte e outros dois fatores que empolgam na Libertadores

Com 100% de aproveitamento desde que chegou ao Flamengo, Renato também se aproximou do líder do ranking, o colombiano Gabriel Uribe, que tem 49 vitórias. O brasileiro pode assumir a primeira posição de forma isolada ainda nesta edição, basta vencer quatro partidas.

Vale lembrar que Renato Gaúcho acumula boas participações na Libertadores, com destaque para o titulo com o Grêmio, em 2017, e o vice-campeonato com o Fluminense, em 2008.

Garantido nas quartas de fina, o treinador e o elenco do Flamengo voltam as atenções para o Campeonato Brasileiro. No domingo, às 16h, o Rubro-Negro enfrenta o São Paulo, no Maracanã, em busca de se aproximar do G-4. Com 18 pontos e dois jogos atrasados, o clube ocupa a sexta posição na tabela.

+ Renato celebra vitória e revela atenção especial a Michael e Vitinho: 'Gosto de passar confiança'

Veja a lista de treinadores com mais vitórias na Libertadores:

1. Gabriel Uribe - 49
2. Renato Gaúcho - 46
3. Luis Alberto Cubilla - 46
4. Gastón Máspoli - 44
5. Carlos Bianchi - 44
6. Luiz Felipe Scolari - 42
7. Marcelo Gallardo - 39
8. Edgardo Bauza - 38
9. Miguel Ángel Russo - 37
10. Muricy Ramalho - 37
11. Vanderlei Luxemburgo - 37
12. Cuca - 37
13. Tite - 36

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos