Com 10, Santos conseguiu empate heroico contra The Strongest em 2017

·2 minuto de leitura


O Santos visita o The Strongest, nesta terça-feira (18), pela 5ª rodada da Copa Libertadores. Vivo na competição, o Peixe vai para o duelo com duas vitórias seguidas, contra o próprio The Strongest e Boca Juniors. Em 2017, o Alvinegro confirmou a classificação para próxima fase contra o mesmo time boliviano, na altitude.

O grande destaque da equipe santista foi Lucas Lima, hoje no Palmeiras. O meia liderou o time em campo e ainda foi o responsável pela assistência do gol de Vitor Bueno, da classificação. Naquele momento, o jogador havia dado 16 assistências em dez jogos na temporada.

O jogo também ficou marcado pela expulsão de Bruno Henrique, hoje no Flamengo. O jogador levou dois cartões amarelos, um por reclamação e outro por falta, e foi expulso. Mesmo assim, o Santos conseguiu empatar a partida e segurar quase 30 minutos no segundo tempo.

O goleiro do time santista era Vanderlei, vivendo grande fase. O arqueiro foi fundamental na vitória fazendo grandes defesas e teve sorte na cobrança de pênalti Pablo Escobar, que mandou por cima.

Falando sobre algumas informações importantes sobre o jogo, o atacante e capitão do Santos, Ricardo Oliveira, ficou no banco de reservas naquela partida, poupado. Mesmo no banco, Oliveira foi para o vestiário mais cedo por conta de fortes dores de cabeça, causados pela altitude.

Daquele time, apenas Cléber Reis, afastado, e Copete, estão atualmente no elenco santista. O colombiano jogou na lateral esquerda naquela oportunidade.

FICHA TÉCNICA THE STRONGEST 1 X 1 SANTOS

Data: 17 de maio de 2017, quarta-feira Horário: 19h30 (de Brasília)
Local: Estádio Hernando Siles, em La Paz (Bolívia)
Árbitro: Dario Herrera (Argentina) Assistentes: Diego Bonfá e Ivan Nuñes (ambos da Argentina)

Cartões amarelos: Lucas Lima e Bruno Henrique (Santos); Luiz Pérez (The Strongest) Cartão vermelho: Bruno Henrique (Santos(SP)

Gols: Chumacero aos 39 minutos do primeiro tempo (The Strongest); Vitor Bueno aos 23 minutos do segundo tempo (Santos)

The Strongest: Daniel Vaca; Diego Bejarano, Luis Maldonado, Fernando Marteli e Júlio Pérez; Raúl Castro, Walter Veizaga e Wayar; Chumacero, Escobar e Matías Alonso. Técnico: César Faría

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Cleber Reis e Copete; Leandro Donizete, Renato, Vitor Bueno, Lucas Lima e Bruno Henrique; Vladimir Hernández (Kayke). Técnico: Dorival

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos