Coluna: Timão corta sete na base; Verdão reintegra lateral; lucro tricolor; audiência...

Em meio a dispensas, Márcio Bittencourt está voltando à base do Corinthians (Arquivo pessoal)

As demissões nas categorias de base do Corinthians não vão se resumir a Rodrigo Leitão e Robson Ferreira, coordenador geral da base e responsável pela transição dos atletas do futsal para o campo, respectivamente. Até a tarde desta terça-feira, o clube dispensará mais cinco funcionários do departamento amador.

Os nomes são mantidos em sigilo, mas fazem parte de uma ampla reformulação iniciada com a troca da diretoria. Campeão da Copinha, o diretor da base, Fausto Bittar, pediu para sair e foi substituído por Nei Nujdud e Jaça. A dupla escolheu o ex-goleiro corintiano Yamada para assumir a gerência da base.

Foi Yamada quem decidiu pelas dispensas de Leitão e Ferreira. O novo manda-chuva da base também optou pela demissão dos outros cinco funcionários cujos nomes não foram revelados.

Enquanto muitos saem, vários estão chegando. Até quarta-feira, o Timão anunciará seu quadro completo de funcionários. Uma das novidades será Márcio Bittencourt, ex-técnico do profissional. Ele atuará como coordenador, na vaga de Leitão. A outra será Leandro Idalino, preparador de goleiros que estava no Audax em 2016 com Sidão e Felipe Alves.

De volta…
O Palmeiras anunciará na quarta-feira o retorno de Lucas Taylor. O garoto de 22 anos, revelado na base do próprio Verdão, será reintegrado depois do bom desempenho durante o empréstimo ao Red Bull, no Paulistão.

…ao Palestra
Taylor surgiu como atacante, mas tem atuado como lateral-direito. Durante a passagem pelo time campineiro, com a camisa 2, ele disputou 11 jogos, sendo nove como titular. Na volta ao Verdão, disputará posição com Jean e Fabiano.

Audiência boa:
A vitória da Ponte Preta por 3 a 0 em cima do Palmeiras garantiu 23 pontos de audiência à TV Globo. A média da primeira semifinal do Paulistão foi uma das melhores da temporada em jogos realizados na tarde de domingo.

Freguês de carteirinha:
Pottker marcando gol em cima do Palmeiras já virou tradição. O atacante da Ponte Preta fez o quinto em cinco jogos diante do Verdão neste domingo, no Moisés Lucarelli.

Milhão na conta:
Apesar da derrota, o São Paulo embolsou R$ 1 milhão no confronto com o Corinthians. Os 45.366 pagantes no Majestoso geraram uma receita bruta de R$ 1,4 milhão e líquida de R$ 1.019.422,19, toda para o Tricolor.

Recordista de público:
A boa presença de são-paulinos no tropeço por 2 a 0 para o Corinthians ainda garantiu outro ponto positivo ao clube: os quatro maiores públicos do Paulistão são do Tricolor: 51.869 contra o Corinthians no 1º turno, 50.952 diante da Ponte, 45.366 de domingo e 43.961 contra o Mirassol.

Zebra gaúcha:
O Novo Hamburgo, que já foi o dono da melhor campanha na 1ª fase do Gauchão, segue invicto diante da dupla Grenal em 2017 depois do empate em 1 a 1 contra o Grêmio, na Arena, neste domingo. Antes, havia ficado no 1 a 1 em casa e vencera o Inter por 2 a 1 no Beira-Rio.

Campeões da Taça Rio:
O Vasco se isolou ainda mais como o principal campeão da Taça Rio: são dez conquistas, contra oito do Flamengo, sete do Botafogo e duas do Fluminense.

Para acessar outras notícias do Blog do Jorge Nicola, clique aqui: