Collor posta trecho de novela e seguidores entendem comparação entre Bolsonaro e Odorico Paraguaçu

Yahoo Notícias
Personagem Odorico Paraguaçu, da novela O Bem-Amado; Presidente Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução/TV Globo/ AP Photo/Andre Borges)
Personagem Odorico Paraguaçu, da novela O Bem-Amado; Presidente Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução/TV Globo/ AP Photo/Andre Borges)

O ex-presidente da República Fernando Collor compartilhou nas redes sociais um trecho da novela O Bem-Amado, de Dias Gomes, cujo personagem principal é o prefeito de Sucupira, Odorico Paraguaçu, político populista. A postagem foi interpretada pelos seguidores de Collor como uma indireta ao presidente Jair Bolsonaro.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

No trecho compartilhado com Collor, Odorico fala sobre uma epidemia com o secretário pessoal, Dirceu Borboleta. O secretário afirma que, se o prefeito não deixar que os medicamentos cheguem ao dr. Leão, eles não serão repassados aos cidadãos e será “um assassinato em massa, um genocídio”.

“Quem tá pensando em aumentar cemitério? Em genocídio?”, questiona Odorico. “O que eu não admito é que o doutor Leão se transforme em um herói. Eu não vou dar essa vitória de mão beijada para o inimigo. Se há uma vaga de herói nessa terra, essa vaga é minha!”

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Leia também

Odorico Paraguaçu estaria usando uma questão de saúde pública para se promover politicamente. A ideia do prefeito era desviar vacinas, mas garante que a população não ficaria sem – ele mesmo abrira um posto de saúde para aplicar as doses.

Outro indício da associação foi a repetição da fala de Odorico Paraguaçu “e daí?”, dita por Bolsonaro quando questionado sobre as mortes por coronavírus no Brasil.

Collor publicou o vídeo sem nenhuma legenda. Ainda assim, nos comentários, internautas comentaram que captaram a referência e que “Sucupira é aqui”.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também