Colômbia se recupera no Pré-Olímpico com goleada sobre o Equador

(Foto: Divulgação/Seleção Colombiana)
(Foto: Divulgação/Seleção Colombiana)


Parece que a derrota na primeira rodada sofrida para a Argentina, no Grupo A do Pré-Olímpico, por 2 a 1, não desanimou os colombianos. Na noite desta terça-feira (21), a seleção anfitriã do torneio não tomou conhecimento e goleou os equatorianos por 4 a 0, no estádio Centenário de Armenia.

Com o resultado, os comandados de Arturo Reyes somaram seus primeiros 3 pontos, ficando agora na vice-liderança da chave. Já os comandados de Jorge Célico seguram a lanterna, sem nenhum ponto somado em dois jogos disputados.

PRIMEIRO TEMPO

Necessitando da vitória, a Colômbia não queria dar chance ao adversário. No entanto, antes dos primeiros 10 minutos, Sánchez, Sifuentes e Cortez, já deram trabalho ao goleiro Esteban Ruiz, que, por sua vez, mantinha-se atento.

No entanto, mesmo sofrendo algumas investidas, Nicolás Benedetti tirou o zero do placar. Após boa troca de passes, o camisa 10, de perna esquerda, não perdoou e mandou a bola para o fundo das redes. 1 a 0.

Empolgado pelo tento marcado, a La Tricolor foi para cima e ampliou o marcador. Aos 26, Jorge Carrascal, em uma linda jogada individual, fez fila na marcação equatoriana e bateu com estilo no gol. 2 a 0.

E os jovens colombianos não diminuíram o ritmo. Aos 31, após boa tabela na grande área, Carrascal deu um passe açucarado por cima para Edwin Cetré bater de primeira sem chances para o goleiro Ramírez. 3 a 0.

Até os acréscimos da primeira etapa, os comandados de Jorge Célico até tentaram diminuir a diferença no marcador, porém acabou indo para os vestiários para tentar reverter o prejuízo nos últimos 45 minutos.

SEGUNDO TEMPO

Assim como foi no início do confronto, os primeiros minutos última etapa foram dominados pelo Equador. No entanto, mesmo com as finalizações de Rezabala, Cabeza e companhia, nenhuma foi suficiente para vazar a defesa colombiana que seguia afastando o perigo.

Com o placar folgado, eram poucas as chegadas dos colombianos em seu campo de ataque. Sendo assim, o treinador Reyes optou por algumas trocas antes dos 30 minutos, tentando dar gás novo ao seu time.

Na reta final do jogo, o panorama em campo seguiu igual. No entanto, Carbonero, aos 40 minutos, após receber bom passe de seu companheiro de time, bateu na saída do goleiro Ramírez, dando tempo para marcar mais um. 4 a 0.

Até os acréscimos, as seleções deixaram o relógio correr apenas trocando passes. Sendo assim, após o apito final do árbitro, a comemoração tomou conta da torcida colombiana que lotava as dependências do estádio.




















Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também