Coisa de doido! Vasco goleia o Guarani na estreia de Lisca

·3 minuto de leitura


A estreia de Lisca pelo Vasco teve o resultado ideal e um placar elástico. A vitória sobre o Guarani, na noite deste sábado, em São Januário, passou longe de ser tranquila, mas foi construída com letalidade na primeira etapa e um bom segundo tempo. O Cruz-Maltino encosta no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Marquinhos Gabriel, Cano, Bruno Silva contra e Léo Jabá marcaram para o Cruz-Maltino. Lucão do Break descontou para os visitantes: 4 a 1.

Régis? Marquinhos Gabriel!
Régis fez Vanderlei trabalhar com menos de um minuto de jogo. Defesa fácil. O Vasco tinha dificuldade para se encontrar até que, depois de lançamento de Léo Jabá, Bruno Gomes deu assistência surpreendente para Marquinhos Gabriel. De cara para o goleiro, o meia não perdoou. Placar aberto aos oito minutos. Mas logo aos 12 minutos, novo susto do Bugre. De novo Régis. Agora de falta. Vanderlei tirou do ângulo superior direito. Defesaça. Aos 15, novamente o Vasco. Ernando chutou para fora, após escanteio.

Régis? Cano!
O desafio era pessoal. Aos 20 minutos, Régis chutou outras duas vezes. As duas pararam no goleiro vascaíno. O Cruz-Maltino não tinha consistência, mas Léo Jabá foi derrubado por Thales na área. Cano deslocou o goleiro e ampliou. Vasco 2 a 0. Só que a marcação vascaína inexistia. Aos 32, Davó foi quem deu um chute perigoso.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Lei do ex... não, 'pera'!
O segundo tempo começou amarrado. Chegou a haver um princípio de confusão pouco antes de Ernando, agora, de cabeça, assustar o goleiro visitante. Isso aos 15 minutos. Aos 19, uma chance para cada lado. Gabriel Pec de um lado, Régis do outro. Os dois pararam nos goleiros. O relógio marcava 23 voltas no ponteiro quando Léo Jabá cruzou de esquerda, Cano estaria impedido e o assistente até levantou a bandeira. Só que bem antes de a bola chegar no argentino, Bruno Silva desviou para o gol. Vasco 3 a 0.

Um para cada lado
O Bugre, então, precisou se lançar mais ao ataque, mas só conseguiu passar por Vanderlei aos 36, quando Lucão do Break testou de forma inapelável, depois de escanteio pela direita. Pelo contrário, aos 42, Galarza lançou Léo Jabá e o ponta fechou o placar em 4 a 1.

FICHA TÉCNICA
VASCO 4 X 1 GUARANI

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: 24/7/2021, às 21h
Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)
Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Brigida Cirilo Ferreira (AL-Fifa)
Cartões amarelos: Zeca (VAS), Ernando, Marquinhos Gabriel; Régis, Bruno Silva, Rodrigo Andrade e Daniel Paulista (GUA)
Cartões vermelhos: Não houve

GOLS: Marquinhos Gabriel (8'/1ºT 1-0), Cano (28'/1ºT 2-0), Bruno Silva contra (23'/2ºT 3-0), Lucão do Break (36'/2ºT 3-1) e Léo Jabá (41'/2ºT 4-1).

VASCO: Vanderlei, Léo Matos, Ernando, Leandro Castan e Zeca; Galarza, Bruno Gomes (Juninho, 29'/2ºT) e Marquinhos Gabriel (Sarrafiore, 37'/2ºT); Gabriel Pec (Artur Sales, 37'/2ºT), Cano (Daniel Amorim, 43'/2ºT) e Léo Jabá - Técnico: Lisca.

GUARANI: Gabriel Mesquita, Pablo, Thales, Tití (Lucão do Break, 22'/2ºT) e Bidú; Bruno Silva, Rodrigo Andrade e Régis; Bruno Sávio (Índio, 35'/2ºT), Davó (Renanzinho, 35'/2ºT) e Matheus Souza (Andrigo, 10'/2ºT) - Técnico: Daniel Paulista.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos