COI se reúne com Wada para discutir casos de doping

Richard McLaren vê Rússia em situação complicada às vésperas dos Jogos de Inverno (Foto: ADRIAN DENNIS / AFP)

O Comitê Olímpico Internacional (COI) divulgou, através de um comunicado, que realizou nesta terça-feira uma reunião com o investigador canadense Richard McLaren e o presidente da Agência Mundial Antidoping (Wada, em inglês), Craig Reedie. O encontro teve como foco os casos de doping no esporte.

McLaren foi responsável pela realização de um relatório independente da Wada que descobriu o sistema de doping de atletas russos com apoio das autoridades do país. Recentemente, o canadense afirmou a legisladores alemães que está frustrado devido as lentas respostas por parte do COI e Wada, além da falta de medidas preventivas e aplicação de punções.

Segundo a nota divulgada à imprensa, o COI afirma que a reunião foi "franca e produtiva". No texto, a entidade reiterou que dará atenção às federações esportivas e decidir sobre casos de doping que as afetem.

O Comitê não se manifestou sobre a situação da Rússia, suspensa desde novembro de 2015, depois das descobertas de McLaren. A participação do país nos Jogos de Inverno em Pyeongchang, na Coreia do Sul, em fevereiro de 2018.






E MAIS: