COB informa suspensão de Fernando Reis e halterofilista fica fora dos Jogos de Tóquio

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

(Reuters) - O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) informou a suspensão provisória do halterofilista Fernando Reis na sexta-feira por "resultado analítico adverso" em um teste de doping conduzido em 11 de junho, fora do período de competições, o que o tira dos Jogos Olímpicos de Tóquio que começam na próxima semana.

O COB disse em um comunicado que a agência antidoping do Brasil identificou que a amostra de Reis, 31 anos, continha a presença de hormônio de crescimento.

“Dessa forma, o atleta está excluído da delegação que disputará os Jogos Olímpicos de Tóquio”, afirmou o COB.

"O Comitê Olímpico do Brasil reforça seu compromisso com o esporte limpo, mantendo diversas iniciativas educacionais para o combate ao doping", acrescenta a nota. "Todos os atletas da delegação brasileira em Tóquio fizeram, obrigatoriamente, o curso de enfrentamento do doping oferecido pela Agência Mundial Antidoping."

Reis, medalhista de bronze no Mundial de Levantamento de Peso de 2018 em Ashgabat na categoria acima de 109 kgs após a desqualificação do usbeque Rustam Djangabaev, competiria em sua terceira Olimpíada.

O brasileiro terminou em 11º lugar em Londres-2012 e em quinto na Rio-2016, na categoria acima de 105 kgs.

(Reportagem de Shrivathsa Sridhar em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos