Coadjuvantes da Seleção - Confira quem foi bem além de Paulinho e Neymar

Neymar e Paulinho foram os grandes destaques da noite desta quinta-feira (23). Mas os coadjuvantes de Tite são tão importantes quanto os autores dos gols. Em pouco tempo, o técnico, que revelou satisfação após goleada do Brasil sobre o Uruguai por 4 a 1, em Montevidéu, fez o coletivo ser maior que o individual.

Casemiro, Phillippe Coutinho, Renato Augusto, Miranda, Dani Alves e Firmino também podem ser lembrados com atuações destacadas neste meio de semana, em partida válida pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Tite impressiona. Pela primeira vez na história, uma Seleção venceu sete jogos consecutivos na mesma campanha e não se fala mais de Neymardependência. São 22 gols marcados e apenas dois sofridos. Tite fez com que toda a equipe brilhasse. Contra a Celeste, ainda saiu atrás e virou o jogo.

Tite Seleção Brasileira Convocação SP 03 03 17

(Foto: Getty Images)

"Foi mais do que eu imaginava. É o oitavo jogo (um amistoso) e eu não tinha o conhecimento do potencial de a equipe absorver o revés", afirmou Tite. E não é só ele que está impressionado. Todos os brasileiros e até os adversários estão.

Mais do que as escolhas das peças certas para o esquema montado por ele, cada um dos convocados cresce ainda mais sob seu comando. Casemiro, elogiado constantemente por Zidane e bem no Real Madrid, foi extremamente seguro no meio-campo da Seleção, dando suporte para que o autor de três gols, Paulinho, brilhasse.

Os números de Coutinho, Casemiro e Daniel Alves:

Coutinho:

Casemiro:

Daniel Alves:

Coutinho não teve o melhor desempenho desde que começou a figurar no time titular, mas foi, no lado oposto ao de Neymar, um bom criador de jogadas. Dani Alves, junto dele, avançou bem pelo lado direito de ataque.

Renato Augusto, Firmino e Miranda, um em cada setor do time, foram mais discretos, mas tiveram também boa contribuição. O atacante, por exemplo, foi quem chutou forte a gol, dando rebote para o segundo gol de Paulinho.