Coadjuvante, Lucas Lima é ‘esquecido’ por Abel Ferreira em jogos grandes do Palmeiras

LANCE!/NOSSO PALESTRA
·1 minuto de leitura


Desde a chegada de Abel Ferreira ao Palmeiras, o treinador tenta administrar a maratona de jogos e a sequência decisiva pela qual o clube passa neste final de temporada.

>> Confira a classificação atualizada do Brasileirão e faça sua simulação
>> Palmeiras busca atacante argentino no mercado, Sancho desperta interesse de ingleses… Veja do Dia do Mercado

O Verdão entrou em campo 28 vezes após a estreia do português no banco de reservas e um atleta, especificamente, tem sido “esquecido”: Lucas Lima. O meia tornou-se um coadjuvante do atual elenco e sequer tem entrado nos confrontos mais importantes.

A última presença dele em campo em uma partida relevante aconteceu diante do América-MG, na semifinal da Copa do Brasil, em Belo Horizonte, dia 30 de dezembro. Na ocasião, ele entrou aos 15 minutos da etapa final.

De lá para cá, foram somente seis participações em 11 compromissos alviverdes em 2021. Ele só esteve do início ao fim na derrota para o Ceará, quando deu passe para Gabriel Veron marcar na Arena Castelão.

Lucas ainda foi titular contra Sport, Vasco e Botafogo, quando saiu no segundo tempo, além de entrar contra Grêmio e Flamengo. O camisa 20 ficou fora contra: River Plate, nas duas partidas, Corinthians, Santos e Tigres. Curiosamente, os principais duelos desde janeiro.

Com o português no comando, são 20 dos 28 jogos possíveis. São 13 como titular e sete vindo do banco de reservas. Em uma ele completou a partida. São três assistências no período.

O Palmeiras entra em campo nesta quinta-feira (11) contra o Al Ahly, do Egito, na disputa do terceiro lugar do Mundial de Clubes, e Lucas Lima pode ganhar uma nova oportunidade para mostrar que pode deixar de ser um mero coadjuvante no atual elenco palmeirense.