Co-proprietário da Force India é detido em Londres

A polícia metropolitana de Londres prendeu, nesta terça-feira, o empresário indiano Vijay Mallya, um dos donos da equipe Force India de Fórmula 1, além de ser presidente da companhia aérea Kingfisher Airline. No início de fevereiro, o governo da Índia pediu a extradição do magnata indiano acusado de irregularidades financeiras e não-pagamento de empréstimos no valor de mais de 1.250 milhões de euros.

O envolvimento nas acusações fez com que Mallya fugisse da Índia para o Reino Unido em março de 2016, já que diversos bancos requeriam recuperar fundos que são referentes a dívidas de sua companhia aérea. Apesar de receber múltiplas ordens judiciais, o empresário não compareceu frente aos investigadores de seu caso.

As autoridades londrinas confirmaram que, ainda nesta terça, Mallya vai a julgamento perante um tribunal de Westminister.