CM System encara estreia no UFC e desafio do milhão

Divulgação


O Brasil terá grandes desafios no MMA nas próximas semanas. No dia 17 de dezembro, o brasileiro Vítor Petrino fará sua estreia no UFC contra o camaronês Tafon Nchukwi, no meio-pesado. Já no dia 25 de novembro, será a vez de Matheus Buffa buscar o prêmio de R$ 1 milhão como presente de Natal, na decisão do PFL, no pesado pesado. Os atletas representarão a CM System.

O técnico e líder da equipe Cristiano Marcello não escondeu a alegria de ver seus lutadores realizando sonhos e com a oportunidade de escrever o nome na história do país no esporte. O treinador mostrou confiança na vitória do estreante Vítor Petrino, que tem seis vitórias em nove lutas na carreira.

- O Vítor está amadurecendo bastante a cada luta. Apesar de novo, mostrou muita tranquilidade na luta do contender. Aconteceu alguns revés, levou knockdown e golpe nas costas, mas conseguiu reverter. Na luta anterior, ele lutou contra um russo ex-UFC, com mais de 30 lutas, e foi bem. Estou confiante que ele trará essa vitória – disse Cristiano.

Já Matheus Buffa é um atleta mais experiente e que tem conquistado grandes resultados em 2022. Com 14 vitórias na carreira, sendo 10 por nocaute, o paranaense chega embalado por uma sequência de resultados positivos e, agora, terá a oportunidade de receber uma premiação milionária.

- As expectativas são ótimas. O Buffa cresceu dentro do evento. Todos os tipos de situações que lhe poderiam acontecer, aconteceram. Ele amadureceu e cresceu muito, não apenas nas lutas, mas em treinamentos e amadurecimento como profissional. Estou na expectativa muito boa da vitória dele. Ele está preparado – finalizou o treinador.