Clubes pedem justiça por Mari Ferrer: 'Estupro culposo não existe'

Redação Esportes
·2 minuto de leitura
Postagem do Vasco sobre o caso de Mariana Ferrer (Reprodução/Vasco da Gama)
Postagem do Vasco sobre o caso de Mariana Ferrer (Reprodução/Vasco da Gama)

Após a revelação de informações do caso de Mariana Ferrer, que teve uma argumentação da promotoria de houve um “estupro culposo” e a decisão de que não haviam provas para condenar o empresário André de Camargo Aranha, vários clubes brasileiros se posicionaram a favor da mulher e contra a violência a mulher.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

O primeiro deles foi o Vasco, que postou a hashtag #JustiçaPorMariFerrer, acompanhado do número 180, telefone que recebe denúncias de assédio e violência contra a mulher, além de oferecer informações sobre rede de atendimento, direitos da mulher e legislação.

Leia também

Vários clubes se posicionaram usando a hashtag #EstuproCulposoNãoExiste. O Corinthians postou que “A violência física e psicológica contra a mulher é inaceitável” e o Internacional afirmou que “repudia toda e qualquer forma de violência contra a mulher” e que “não existe ‘estupro sem querer’“

Confira as postagens dos clubes de futebol:

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube