Clubes da Série A anunciam criação de liga para organizarem o Brasileiro a partir de 2022

·1 minuto de leitura


A mobilização por mudanças no futebol brasileiro já existe no papel. De acordo com o "GE", nesta terça-feira, no Rio de Janeiro, 19 dos 20 clubes da Série A assinaram um documento no qual entram em consenso para a fundação de uma liga na qual organizarão o Campeonato Brasileiro, que atualmente é feito pela CBF.

O documento será entregue à direção da CBF em uma reunião nesta tarde, na sede da entidade. O desejo é organizar a competição a partir do ano que vem.

O único clube que não assinou o documento foi o Sport, mas não por oposição à ideia. O Leão está sem presidente porque Milton Bivar renunciou nesta terça-feira e não há uma nova data para nova eleição.

Está marcada para esta tarde a reunião dos clubes com a nova direção (que tem como presidente em exercício Antonio Carlos Nunes). Haverá outros temas em pauta, mas a criação da liga é vista como a mais relevante por dirigentes dos clubes, que, por sua vez, pedem mais espaço nas decisões tomadas na CBF.

Os clubes participam da Assembleia Geral Eleitoral, que se reúne para escolher o presidente e os vices. E seu peso nas votações. As 27 federações têm peso 3 (portanto, juntas são 81), enquanto os votos dos 20 clubes da Série A têm peso 2 (40) e os votos dos clubes da Série B têm peso 1 (que, somando, chega a 20). Há uma discussão desta concentração de poder.

De acordo com o Artigo 24 do estatuto da CBF, há necessidade da aprovação da Assembleia Geral Administrativa, retirando o poder das federações estaduais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos