Paralisação faz clubes cogitarem Brasileirão com mata-mata em 2020; entenda

Goal.com

A pandemia do coronavírus obrigou a paralisação do futebol brasileiro quase que de modo geral. A CBF suspendeu todas as competições e várias federações pelo Brasil fizeram o mesmo. Com isso, debates e mais debates sobre o calendário entraram em pauta. Entre esses debates, o futuro do Campeonato Brasileiro. 

A CBF acredita e espera que em maio, mês previsto para o início do nacional, a situação já esteja controlada e os clubes possam voltar a campo, no entanto, os estaduais ainda seriam um problema, uma vez que foram interrompidos praticamente na metade das disputas. 

Diante deste cenário, conforme apuração da Goal.com, alguns clubes já se mobilizam internamente para propor soluções ao calendário brasileiro. Dependendo do tempo de paralisação do futebol, há quem defenda a ideia de que se altere o formato da competição para uma parte em pontos corridos e a segunda parte no famoso mata-mata, é importante frisar que para que qualquer mudança seja feita, todas as equipes que disputarão o torneio precisam chegar a um consenso. 

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Em entrevista ao canal Fox Sports, o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, confirmou que o clube já tem em pauta modelos para propor, dependendo do tempo de paralisação das competições. 

Maurício Galiotte - Palmeiras - 5/05/2017
Maurício Galiotte - Palmeiras - 5/05/2017

(Foto: Cesar Greco / Palmeiras / Divulgação)

"Dependendo do período que ainda teremos pra jogar este ano, temos modelos diferentes para propor. Se tivermos sete ou oito meses é uma coisa. Se tivermos quatro meses é uma outra situação É muito difícil neste momento passar uma posição de que o campeonato seria melhor desta maneira ou mudamos o modelo e o regulamento para outra. A gente não tem ainda uma noção exata de quanto tempo teremos para a disputa neste ano". 

Rodolfo Landim Flamengo Reunião Incêndio MPRJ 11022019
Rodolfo Landim Flamengo Reunião Incêndio MPRJ 11022019

(Foto: Raisa Simplicio / Goal.com)

Quem também começa a se mobilizar internamente é o Flamengo, a diretoria analisa todas as partes do regulamento do Brasileirão, pois num primeiro momento, não vê com qualquer interesse a mudança no formato do torneio, mas entende que este tema será bastante discutido nas próximas semanas. 

Neste momento, as atividades dos principais clubes da Série A do Campeonato Brasileiro estão paralisadas, assim como em boa parte do mundo. Jogadores fazem atividades em casa e os centro de treinamentos das equipes estão fechados. 

Leia também