Clubes do Campeonato Espanhol voltam a treinar coletivamente

AFP
O zagueiro do Barcelona Gerard Piqué durante sessão de treino, 9 de maio de 2020
O zagueiro do Barcelona Gerard Piqué durante sessão de treino, 9 de maio de 2020

Os clubes espanhóis começaram nesta segunda-feira (18) a treinar coletivamente em grupos de dez jogadores, seguindo o protocolo sanitário implementado por LaLiga, organizadora da competição, de olho em retomar em junho a competição, suspensa desde março devido à pandemia do coronavírus.

O Barcelona começou a treinar nas primeiras horas da manhã em seu centro de treinamento, informou o clube catalão.

Divididos em dois grupos de dez, os jogadores do Barça fizeram "rodas de bobinho, treinos de posicionamento e exercícios com bola".

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Em fotos publicadas nas redes sociais, é possível ver uma roda de jogadores em que estão Gerard Piqué e Sergio Busquets, entre outros.

O Real Madrid também retomou os treinos coletivos em sua cidade esportiva, nos arredores da capital espanhola.

"Divididos em três grupos, os jogadores completaram um circuito físico e exercícios com bola", informou o clube merengue.

Nas fotos publicadas pelo clube, é possível ver o capitão Sergio Ramos correndo ao lado de Dani Carvajal, além de Marcelo na companhia de Raphael Varane.

"Me sinto muito bem por ter voltado ao campo com os companheiros, agora só temos que esperar pelos jogos, mas estou muito feliz", afirmou o atacante belga do Real Madrid Eden Hazard em declarações divulgadas pelo clube.

"Foi o primeiro dia em que nos juntamos, que pudemos jogar um contra os outros, fizemos treinos em campo reduzido, que é o que gostamos e do que sentíamos falta", afirmou o atacante português João Félix, do Atlético de Madrid.

- "Vontade de voltar" -

O governo espanhol autorizou todas as equipes a treinar coletivamente, embora algumas delas estarem em regiões que ainda seguem a fase mais rigorosa do plano de relaxamento do confinamento.

É o caso de Real Madrid e Barcelona, mas também de Espanyol, Leganés, Getafe e Real Valladolid. O restante das equipes da primeira divisão se encontram em regiões com menos restrições.

"A confirmação dos treinamentos em grupo vem para equiparar todos os treinamentos", se alegrava no domingo o presidente da LaLiga, Javier Tebas, à emissora Movistar+.

Tebas voltou a reiterar seu desejo de disputar a partir de junho as últimas onze rodadas do Campeonato Espanhol que faltam, mas insistiu que isso dependerá da autorização do governo.

"Acontecerá quando as autoridades de saúde autorizarem e esperamos que seja o quanto antes e nas datas que estamos trabalhando. Estamos trabalhando com (a possibilidade de voltar a jogar) a partir de 12 de junho", garantiu o presidente da LaLiga.

Tebas também se mostrou satisfeito com o início da Bundesliga alemã, no último fim de semana: "Estou orgulhoso da Bundesliga, não era fácil, foram os primeiros e são o exemplo a seguir".

Os jogadores também se mostraram ansiosos para poder jogar. "Estamos bem, com vontade de voltar. Se depende de nós, já voltaríamos neste fim de semana, mas vamos aguardar e trabalhar para começar bem", afirmou João Félix.

Leia também