Clubes ameaçam 'boicote' aos treinos e retorno do Campeonato Italiano pode estar ameaçado


O retorno do Campeonato Italiano pode estar ameaçado. Nove dos 20 clubes que disputam a Série A, ameaçam boicotar o retorno aos treinos em conjunto, previsto para próxima segunda-feira, se o protocolo médico não for alterado.

Por enquanto, vale a medida que impõe a quarentena obrigatória de toda a equipe, por um período de 15 dias, caso seja detectado um caso positivo a Covid-19 entre jogadores e staff.

Inter de Milão, Milan, Napoli, Fiorentina, Cagliari, Verona, Atalanta, Sampdoria e Genoa são os clubes que ameaçam boicotar o retorno aos treinos. Os clubes desejam que seja implementado o modelo seguido pela Bundesliga, que prevê somente o isolamento do elemento que acuse positivo.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também