Clube de Ronaldo na Espanha vai devolver dinheiro de ingressos a sócios

Goal.com

Com a paralisação dos campeonatos e a crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus, muitos torcedores se perguntam o que vai acontecer com os ingressos que já foram comprados. A pergunta é ainda mais recorrente na Europa, onde é muito comum que os fãs dos clubes comprem antecipadamente entradas para todas as partidas da temporada. 

Com isso, o Valladolid, de Ronaldo Fenômeno, anunciou que vai devolver aos torcedores parte do dinheiro investido na compra de ingressos para o restante de La Liga. O clube entende que, se a competição voltar, os jogos serão disputados com portões fechados, dessa forma, ninguém poderá estar presente nos estádios, com ou sem o retorno do futebol.

"O Real Valladolid confirmou, através de protocolo de retorno dos treinos e competições, que, na melhor das hipóteses, os campeonatos serão retomados com portões fechados. O clube não entende um futebol sem espectadores, mas, ao mesmo tempo, assume que é essencial garantir a segurança e a saúde de todos em momentos de emergência", divulgou o clube em comunicado oficial. 

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O clube também explicou como será feito o reembolso do montante correspondente aos últimos 11 jogos da liga espanhola. Os torcedores poderão escolher entre receber o valor correspondente ainda nesta temporada ou acumular um crédito para desconto em compras futuras. 

Mesmo com essa possibilidade, alguns sócios não quiseram receber o dinheiro como uma forma de ajudar o clube neste momento difícil de crise. Mesmo assim, o Valladolid reforçou que todos podem exercer esse direito.

“O clube deseja agradecer aos muitos assinantes que expressaram sua disposição de desistir do reembolso como forma de auxílio à instituição, e confirmamos que esse direito poderá ser exercido", destacou em nota.

Na Espanha, o Real Sociedad e o Deportivo Alavés também anunciaram medidas para reembolsar os torcedores neste momento de crise que afeta a todos. 

Enquanto isso, diferentemente da Ligue 1, na França, ou da Eredivisie, na Holanda, que foram canceladas, algumas ligas na Europa estudam maneiras de retornar. Na Espanha, a realização de uma “La Liga Express”, encurtada em um novo formato, é uma das possibilidades.

Leia também