Vasco busca arrancada no grupo 5 da Libertadores em visita ao Racing

EFE

Buenos Aires, 18 abr (EFE).- O Vasco tentará dar nesta quinta-feira uma importante guinada na campanha no grupo 5 da Taça Libertadores, em que só marcou um ponto em duas partidas, em visita ao líder, Racing, no estádio Presidente Perón, mais conhecido como Cilindro de Avellaneda.

O time cruz-maltino, que passou por Universidad de Concepción, do Chile, e pelo Jorge Wilstermann, da Bolívia, nas fases preliminares, estreou na chave caindo diante a Universidad do Chile por 1 a 0, em pleno São Januário. Depois disso, veio empate sem gols com o Cruzeiro, no Mineirão.

Os comandados pelo técnico Zé Ricardo aparecem neste momento três pontos distante do próprio Racing e da 'La U', enquanto a Raposa de Belo Horizonte também tem um ponto. O time chileno, também nesta quinta-feira, receberá o outro representante brasileiro do grupo 5.

O jogo em Avellaneda será o primeiro do Vasco na Libertadores sem Paulinho. O promissor atacante teve que passar cirurgia no cotovelo direito, após queda no jogo na capital mineira e deverá ficar, pelo menos, mais três meses fora dos gramados.

Com a ausência do camisa 7, o trio ofensivo passou a ser formado por Wagner, Yago Pikachu e o colombiano Riascos. O trio deverá estar em campo, como, provavelmente, todo 11 inicial da vitória sobre o Atlético Mineiro por 2 a 1, de virada, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

A única mudança certa é o retorno do zagueiro Erazo, que não atuou por ser vinculado o Galo. Dessa forma, Werley retornará ao banco de reservas. Contestados, o lateral-direito Rafael Galhardo e o meia Evander, deverão ser mantidos por Zé Ricardo, embora o segundo esteja "ameaçado" por Rildo.

Reserva, o meia Thiago Galhardo, que ficou fora dos dois primeiros jogos da fase de grupos por suspensão, não viajou para a Argentina, devido choque de cabeça com o lateral-esquerdo Fábio Santos, que chegou a deixá-lo desacordado.

O Racing, que estreou batendo o Cruzeiro por 4 a 2, em jogo eletrizante, e empatou fora de casa com a Universidad do Chile em 1 a 1, atravessa fase negativa, com derrota nos últimos dois compromissos pelo Campeonato Argentino, para River Plate e Defensa y Justicia.

Com a má fase recente, 'La Academia' caiu na tabela, aparecendo agora na sétima colocação, com 36 pontos, cinco distante do Talleres, que fecha a zona de classificação para a próxima edição da Libertadores, formada pelos cinco primeiros lugares.

Para o jogo com o Vasco, o técnico Eduardo Coudet não terá o meia Neri Cardozo, que ainda se recupera de problema muscular. Com isso, Augusto Solari deverá aparecer no 11 inicial. O meia Diego González, por sua vez, está suspenso, e pode dar lugar a Ricardo Centurión, ex-São Paulo.

A dupla de ataque, provavelmente, será formada pelo promissor Lautaro Martínez, que marcou três vezes contra o Cruzeiro, e o veterano Lisandro López, ex-Internacional.

Depois de se encontrarem nesta quinta-feira no Cilindro de Avellaneda, Vasco e Racing jogarão mais uma vez no dia 26 de abril, pela quarta rodada do grupo 5, em São Januário.


Prováveis escalações:.

Racing Clube: Musso; Saravia, Sigalli, Donatti e Soto; Solari, Domínguez, Saracho e Centurión; Martínez e López. Técnico: Eduardo Coudet.

Vasco: Martín Silva; Rafael Galhardo, Erazo, Paulão e Henrique; Desábato, Wellington e Evander (ou Rildo); Yago Pikachu, Wagner e Riascos. Técnico: Zé Ricardo.

Árbitro: Ulises Mereles (Paraguai), auxiliado pelos compatriotas Milciades Saldivar e Roberto Cañete.

Estádio: Presidente Perón, em Buenos Aires (Argentina). EFE


Leia também