Clube do Catar não exerce compra, e Palmeiras anuncia retorno de atacante Dudu

·2 minuto de leitura

Acabou o mistério. O Palmeiras anunciou, no início da madrugada deste domingo (16), que Dudu vai retornar ao Allianz Parque no meio do ano. Aos 29 anos, o atacante atuou por empréstimo no Al-Duhail, do Catar, nos últimos meses e poderia ter sido comprado em definitivo, mas o clube catari não exerceu o seu direito de compra unilateral.

De acordo com informações do ge, o Al-Duhail tinha até o último sábado (15) para informar ao Alviverde Paulista que exerceria o seu direito de compra, mas isso não aconteceu. Desta forma, Dudu vai retornar ao Brasil. Vale notar que o clube do Catar precisaria pagar 6 milhões de euros (R$ 38,4 milhões) para manter o atacante.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Agora, com o retorno de Dudu, o Palmeiras se organiza para arcar financeiramente com mais um alto salário. Com problemas financeiros, o Verdão estuda até a possibilidade de negociar jogadores – seja como for, o clube vai ter que honrar com os compromissos com o renomado atacante.

Contratado por 7 milhões de euros (R$43 mi, na época) pelo Al-Duhail na metade do ano passado, Dudu vai retornar ao Alviverde no começo do próximo mês de julho, quando acaba o seu vínculo com o time catari. Conforme o ge, ele vai ser reintegrado ao elenco, mas só vai poder entrar em campo a partir do dia 1º de agosto – época em que abre a janela internacional de transferências.

Ao longo de sua passagem no Catar, Dudu disputou 36 partidas, com 15 gols e 17 assistências. Lá, ele foi eleito para a seleção do campeonato do país.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.