Clermont e Angers deixam líder PSG escapar; Nice-OM é suspenso após invasão

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·4 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A interrupção do clássico Nice-Olympique de Marselha neste domingo após o lançamento de garrafas de plástico na direção de Dimitri Payet e uma invasão de campo por parte de vários torcedores marcou o fim de semana na Ligue 1, que após a terceira rodada já tem um líder isolado: o Paris Saint-Germain.

O jogo, interrompido aos 75 minutos com a vitória do Nice por 1 a 0, acabou sendo definitivamente encerrado pelo árbitro, uma hora e meia após a invasão por torcedores locais.

Ao constatar que a equipe visitante não se apresentou para o reinício, o árbitro encerrou a partida.

Até então, o clássico mediterrâneo havia sido espetacular no plano esportivo, com os goleiros Walter Benítez e Steve Mandanda fazendo várias defesas, e com um belo gol de Kasper Dolberg (48), de peito.

Com três vitórias em três rodadas na Ligue 1, o Paris Saint-Germain obrigou Clermont e Angers a vencerem para seguirem dividindo a liderança, mas os dois empataram com Lyon (3-3) e Bordeaux (1-1), respectivamente, neste domingo.

O Clermont-Ferrand (3º), equipe que estreia nesta temporada na Ligue 1, reagiu para se manter invicto e evitou a primeira vitória do Lyon (16º) na temporada, nos acréscimos (3-3).

Moussa Dembelé havia marcado dois gols para o Olympique Lyonnais (de pênalti aos 5 minutos e depois aos 21) e o meia brasileiro Lucas Paquetá fez o terceiro pouco antes do intervalo (45 + 1).

O Clermont, que empatou primeiro com um gol contra de Sinaly Diomandé, deixou tudo igual com dois gols do ponta-esquerda kosovar Elbasan Rashani (80 e 90+1).

"Não defendemos bem e devíamos ter marcado o quarto gol. Com a qualidade que temos, deveria ter acabado assim. Vi coisas que você não vê nos Sub-12", desabafou o técnico do Lyon, Peter Bosz, bastante irritado no fim da partida.

Com a sua reação deste domingo, o Clermont prolonga seu grande momento em uma competição que lhe era estranha, mas na qual atualmente já está em 3º lugar, com 7 pontos.

Quem segue o mesmo caminho do recém-promovido Clermont é o Angers (2º), que iniciou a partida contra o Bordeaux (15º) perdendo após o gol de Sékou Mara (11), mas o zagueiro Romain Thomas (39) empatou fechando o placar em 1 a 1.

Metz e Reims (1-1) perderam a oportunidade de conquistar sua primeira vitória nesta Ligue 1 e o mesmo aconteceu com Strasbourg e Troyes (1-1).

Quem já somou três pontos foi o Montpellier (7º), que como anfitrião encontrou o caminho da vitória (3-1) após começar perdendo para o Lorient (9º).

E o Rennes venceu o clássico contra o Nantes em casa por 1 a 0 com gol do atacante Martin Terrier no segundo tempo (58) e agora é o quinto colocado com 5 pontos.

-- Resultados da 3ª rodada da Ligue 1 francesa e classificação:

- Sexta-feira:

Brest - PSG 2 - 4

- Sábado:

Monaco - Lens 0 - 2

Saint-Etienne - Lille 1 - 1

- Domingo:

Lyon - Clermont-Ferrand FC 3 - 3

Strasbourg - Troyes 1 - 1

Montpellier - Lorient 3 - 1

Metz - Reims 1 - 1

Bordeaux - Angers 1 - 1

Rennes - Nantes 1 - 0

Nice - Olympique de Marselha 1 - 0

Classificação: Pts J V E D Gp Gc SG

1. PSG 9 3 3 0 0 10 5 5

2. Angers 7 3 2 1 0 6 1 5

3. Nice 7 3 2 1 0 5 0 5

4. Clermont-Ferrand FC 7 3 2 1 0 7 3 4

5. Lens 5 3 1 2 0 5 3 2

6. Rennes 5 3 1 2 0 3 2 1

7. Montpellier 4 3 1 1 1 8 7 1

8. Nantes 4 3 1 1 1 3 2 1

9. Olympique de Marselha 4 3 1 1 1 5 5 0

10. Lorient 4 3 1 1 1 3 4 -1

11. Saint-Etienne 3 3 0 3 0 4 4 0

12. Reims 3 3 0 3 0 4 4 0

13. Brest 2 3 0 2 1 4 6 -2

14. Metz 2 3 0 2 1 4 6 -2

15. Bordeaux 2 3 0 2 1 3 5 -2

16. Lyon 2 3 0 2 1 4 7 -3

17. Lille 2 3 0 2 1 4 8 -4

18. Troyes 1 3 0 1 2 2 5 -3

19. Monaco 1 3 0 1 2 1 4 -3

20. Strasbourg 1 3 0 1 2 3 7 -4

bds/gh-djm/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos