Cleo lembra comentário constrangedor: "Minha mãe morreu de vergonha"

Yahoo Vida e Estilo
Foto: Reprodução/Instagram (@cleo)
Foto: Reprodução/Instagram (@cleo)

Cleo contou uma história engraçada sobre sua infância durante o ‘Que História É Essa, Porchat?’ desta terça-feira (24). A artista lembrou de uma vez que entrou em um elevador com sua mãe, Gloria Pires, e um homem com o nariz grande chamou sua atenção.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

Sem papas na língua, ela disse fez um comentário constrangedor e deixou um climão no ambiente.“Sempre fui sem noção mesmo, fazia e falava o que me 'dava na telha'. E não deu outra, virei para o moço e disse em voz alta: 'O senhor mente muito’”, disse ela, que comparou o rapaz ao personagem Pinóquio.

Leia também:

Segundo Cleo, Gloria Pires ficou sem saber onde enfiar a cara! "Nessa hora, a minha mãe ficou toda roxa, morrendo de vergonha, e o homem não entendeu nada, apenas riu educadamente. Coitada da minha mãe. Ela era uma pessoa super séria na criação, e eu toda solta”, disse a filha de Fábio Júnior, aos risos.

Durante a atração, Cleo também falou sobre seu jeito “diferentão” de se vestir. Ela conta que esse estilo a acompanha desde a infância. Fã de Xuxa, a atriz sempre gostou de botas e não esperava festas à fantasia para sair chamando atenção interpretando ídolos.

"Quando eu era pequena, tinha três paixões: palhaços, a Xuxa e o desenho da She-Ra [A Princesa do Poder, irmã gêmea de He-Man]. Eu tinha todas as fantasias, inclusive possuía umas três botas da Xuxa que me davam um chulé horrível (risos). Eu sempre ia fantasiada nas festas das amiguinhas. Não importava se era festa à fantasia ou comum, eu sempre estava lá vestida de palhaço no meio de todas aquelas crianças com roupas normais. Por isso que cresci e virei uma palhaça”, brincou.

Leia também