Cleber Machado exalta Galvão: 'Não vai ter mais um narrador com esse status'


Galvão Bueno completará 70 anos em 2020, mas ainda não dá sinais que irá se aposentar. Entretanto, sempre que surge especulações sobre o futuro, existe a discussão sobre quem será o seu substituto nas transmissões da TV Globo. Um dos nomes que costumam ser lembrados é o de Cleber Machado.

A Globo possui um grande time de narradores. Além de Cleber Machado, a emissora conta com Luis Roberto, Gustavo Villani, Luiz Carlos Júnior e Milton Leite. Em entrevista ao "Os Canalhas", do UOL, Cleber afirmou que não é possível falar em substituição e exaltou Galvão.

- Não vai ter mais um narrador com esse status. Gostaria de ser (substituto do Galvão Bueno), mas não dá para ficar pensando nisso. Senão, vai ficar que nem era o "surgiu o novo Pelé". Não tem novo Pelé... - disse Cleber Machado.

O narrador ainda fez uma relação de Galvão Bueno com outros grandes nomes importantes das transmissões esportivas como Osmar Santos e Luciano do Valle. Cleber Machado ainda apontou Galvão como o responsável pelo crescimento do departamento de esporte da Globo.

- Ele adquiriu uma situação além de locutor esportivo, como em determinado momento o Luciano (do Valle) teve na Bandeirantes e como o Osmar Santos teve no tempo em que ele fazia as transmissões no rádio. Ultrapassa o limite - afirmou.

- O Osmar foi apresentar a Diretas Já, o Luciano foi ser superintendente da Bandeirantes e um fomentador de novas modalidades, trouxe para o Brasil a NBA, o futebol americano, a Fórmula Indy e torneio de sinuca. Ele e a equipe dele, o Kiko, sócio dele na época. Enfim, o Galvão acho que, mesmo sendo um cara do esporte, entrou para um time dos grandes nomes da TV, das principais figuras do elenco - completou.










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também