Clayton se diz pronto para atuar pelo Timão e crava: “Hora de brilhar”

O atacante Clayton surgiu como boa promessa no Figueirense, gerando interesse de diversos clubes brasileiros. No fim, acertou com o Atlético-MG no início de 2016. Porém, acabou não brilhando no Galo, e agora chega ao Corinthians tentando recuperar a melhor fase.

Leia mais:

Atacante se vê como ponta e refuta comparações com Marlone

Com sinceridade, o jovem de 21 anos admitiu, em sua apresentação no Timão, que não rendeu o máximo em Belo Horizonte por sua própria culpa. “Eu não tenho nada a reclamar do Atlético-MG, é um excelente clube. Se eu não embalei, foi por culpa minha, não tenho do que reclamar”, explicou.

Por outro lado, Clayton acredita que o período no Galo o fez amadurecer, chegando mais preparado para brilhar no futebol paulista. “Agora, estou mais preparado do que um ano atrás, e é a hora certa de brilhar no Corinthians”, enfatizou.

O Timão foi um dos clubes que cobiçaram o ex-atleta do Figueirense em 2016. Apesar de ter fechado com os mineiros, Clayton ponderou que a decisão sobre qual equipe defender não era só dele.

“É muito complicado, com 20 anos, ser disputado por grandes clubes. Não dependia só de mim, queria jogar em todos, mas só podemos escolher um e não foi só minha escolha. A vida acontece do jeito que tem que ser”, finalizou.

A expectativa agora é pela estreia do jovem no Alvinegro paulista. Ele não pode atuar nesta quarta-feira, contra o Linense, porque não está inscrito na primeira fase do Estadual, mas deve ser incluído na lista substituindo Marlone.

Assim que tiver condições legais de entrar em campo, Clayton deve ser opção para Fábio Carille, já que o próprio atacante garantiu que está em boas condições, pois vinha treinando normalmente no Atlético-MG.

*Especial para a Gazeta Esportiva