Wenger admite que Sánchez pode desfalcar Chile contra Argentina e Venezuela

Londres, 18 mar (EFE).- O técnico francês Arsene Wenger, do Arsenal, afirmou neste sábado que o atacante Alexis Sánchez sofreu lesão no tornozelo direito na derrota para o West Bromwich por 3 a 1, pelo Campeonato Inglês e pode virar uma dor de cabeça para a seleção chilena.

"Seu tornozelo está em um estado terrível", afirmou o comandante, ao se referir a pancada que o jogador levou, do volante irlandês James McClean, ainda no primeiro tempo do duelo de hoje.

Na etapa complementar, aos 33 minutos, Sánchez acabou sendo substituído por Wenger, dando lugar ao jovem atacante inglês Alex Iwobi.

"Ele não deveria ter jogado o segundo tempo, mas insistiu muito. Na metade inicial, ele criou muitas ocasiões, mas, depois, não conseguiu fazer mais", revelou o comandante 'gunner'.

De acordo com o técnico francês, se os exames apontarem para uma lesão de ligamento, o chileno não poderá atuar nas partidas da seleção contra Argentina, na próxima quinta-feira, e Venezuela, cinco dias depois, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. EFE

jp/bg