Já classificado, Brasil vence e elimina Argentina do Sul-Americano sub-17

O Brasil apenas cumpria tabela na quinta e última rodada da primeira fase do Campeonato Sul-Americano sub-17, mas não “encostou” na situação confortável e eliminou a Argentina após a vitória por 2 a 0, em Talca, no Chile. Os gols do jogo foram marcados por Brenner, jogador do São Paulo, e Yuri Alberto, do Santos.

Com o triunfo, a Seleção Brasileira classificou-se para o hexagonal final em primeiro lugar do Grupo B, com 10 pontos. A equipe de Carlos Amadeu segue invicta na competição, com três vitórias e um empate. A Argentina, que só conseguiu vencer uma vez, ficou à frente apenas do Peru na chave e deu adeus ao sonho de disputar o Mundial da categoria.

O jogo – No primeiro tempo, as equipes se estudaram bastante e não criaram muitas chances de gol. As principais, ainda que poucas, foram do Brasil. No último lance da etapa inicial, Vitinho fez bela jogada pela esquerda e enfiou para Alerrandro. Ele cruzou na medida para Yuri Alberto, que finalizou de primeira e viu a bola tocar as duas traves antes da zaga afastar.

Na segunda etapa, ainda superior, a Seleção encontrou o caminho do gol. De novo pelos pés de Vitinho foi que surgiu uma oportunidade para abrir o placar. E desta vez, aos 16 minutos, Brenner, do São Paulo, não desperdiçou. Ele recebeu passe pela esquerda, em infiltração na zaga, e fuzilou para o gol. Roffo, goleiro da Argentina, até encostou na bola, mas não conseguiu evitar o gol.

A argentina fez substituições, tentou mudar o panorama da partida, mas não foi párea à equipe do técnico Carlos Amadeu. Aos 38 minutos, Rodrigo Nestor acertou lindo passe por trás dos adversários, Yuri Alberto ganhou do defensor e tocou no canto do goleiro para fazer o segundo do jogo e definir o resultado – e, consequentemente, a eliminação precoce dos hermanos na competição.

Mais cedo, na partida preliminar do Grupo B, o Paraguai venceu o Peru, por 2 a 0, e assegurou a classificação para o hexagonal final, na segunda colocação, com oito pontos.