Classificada às quartas, seleção brasileira masculina bate a França

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Jogadores brasileiros comemoram ponto marcado na vitória contra a França (Toru Hanai/Getty Images)
Jogadores brasileiros comemoram ponto marcado na vitória contra a França (Toru Hanai/Getty Images)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Classificada às quartas de final, a seleção brasileira de vôlei masculino encerrou a fase de grupos com vitória sobre a França por 3 sets a 2, parciais de 25/22, 37/39 25/17, 21/25 e 20/18, na madrugada deste domingo (1º).  

O Brasil voltará à quadra da Arena Ariake nesta terça-feira (3) e brigará por uma vaga na semifinal. O adversário e o horário serão definidos com a conclusão desta última rodada da fase de grupos. 

Leia também:

A seleção entrou em quadra já com a vaga garantida na fase final. Bem no bloqueio e ágil nos contra-ataques, a seleção brasileira, apesar da diferença de três pontos, venceu o primeiro set com certa tranquilidade. 

No quase interminável segundo set, com duração de 51 minutos, a França reagiu e contou com N'Gapeth, que explorou bem o bloqueio do Brasil. A parcial foi a mais longa nos Jogos de Tóquio. 

Depois de N'Gapeht, foi a vez de Leal desmontar a defesa dos franceses, e o Brasil faturou o terceiro em 25 minutos - metade do tempo comparado ao anterior. O Brasil fez um quarto bem abaixo e o confronto foi definido no tie-break. 

Com três pontos de Leal e outro de Maurício, a seleção largou bem no set decisivo e soube administrar a vantagem. 

Nesta fase de grupos, o Brasil fez a melhor campanha, atrás apenas dos russos. O time, do técnico Renan Dal Zotto, ganhou da Tunísia por 3 a 0, Argentina por 3 a 2, do Estados Unidos por 3 a 1, além dos franceses, e perdeu para o Comitê Olímpico Russo por 3 a 0.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos