Podolski é convocado e deve fazer despedida pela seleção alemã

Redação Central, 17 mar (EFE).- O técnico da Alemanha, Joachim Löw, convocou nesta sexta-feira Lukas Podolski para os duelos que a seleção atual campeã do mundo fará com Inglaterra e Azerbaijão, nos próximos dias 22 e 26, respectivamente, e o primeiro deve marcar a despedida do atacante com a camisa de seu país.

Podolski, que integrou o elenco alemão que conquistou a Copa do Mundo no Brasil em 2015, atuou 129 vezes por sua seleção e defende atualmente o Galatasaray.

"É genial que Lukas Podolski possa se despedir de uma forma tão maravilhosa. É uma despedida digna e que ele merece. Os jogos contra a Inglaterra são sempre verdadeiros clássicos", afirmou Löw.

Na relação de 24 convocados para o amistoso contra os ingleses e a partida contra os azerbaijanos válida pelas Eliminatórias para a Copa de 2018 também se destaca a presença do atacante Timo Werner, do Leipzig, que pode fazer sua estreia pela seleção alemã principal.

"Werner é um jogador jovem e interessante com um bom potencial, é muito versátil e está em um alto nível nesta temporada. Merece uma oportunidade e é um bom momento para observá-lo", disse o treinador sobre o único estreante da convocação.

Outro nome da lista que chama a atenção é o de Antonio Rüdiger, zagueiro da Roma que não foi à Eurocopa do ano passado por causa de uma grave lesão no joelho direito.

"Ele evoluiu muito bem e está recuperado. Trabalhou muito duro. Tem um físico fantástico. A lesão está esquecida", declarou Löw.

Apenas dois dias depois de enfrentar a Inglaterra em Dortmund, a seleção alemã viajará a Baku, no Azerbaijão, para encarar os anfitriões pelas Eliminatórias. A Alemanha tem uma campanha impecável no caminho rumo ao Mundial da Rússia, com quatro vitórias no mesmo número de partidas, 16 gols marcados e nenhum sofrido.

"Nosso objetivo é garantir nossa classificação o mais rápido possível. Até agora estamos muito bem e não queremos diminuir o ritmo. A partida em Baku está longe de ser fácil. Recentemente eles ganharam da Noruega em casa, por isso estamos em alerta. Mas tenho muita fé em meus jogadores. Se jogarmos como sabemos, ganharemos", argumentou o técnico alemão.


Confira a lista de convocados:.

Goleiros: Manuel Neuer (Bayern de Munique-ALE), Bernd Leno (Bayer Leverkusen-ALE) e Marc Andre ter Stegen (Barcelona-ESP).

Defensores: Shkodran Mustafi (Arsenal-ING), Jonas Hector (Colônia-ALE), Benedikt Howedes (Schalke 04-ALE), Mats Hummels (Bayern de Munique-ALE), Antonio Rüdiger (Roma-ITA), Niklas Süle (Hoffenheim-ALE), Joshua Kimmich (Bayern de Munique-ALE) e Sebastian Rudy (Hoffenheim-ALE).

Meias: Sami Khedira (Juventus-ITA), Julian Draxler (Paris Saint-Germain-FRA), Toni Kroos (Real Madrid-ESP), Mesut Özil (Arsenal-ING), Emre Can (Liverpool-ING) e Julian Weigl (Borussia Dortmund-ALE).

Atacantes: Andre Schürrle (Borussia Dortmund-ALE), Lukas Podolski (Galatasaray-TUR), Thomas Müller (Bayern de Munique-ALE), Leroy Sanei (Manchester City-ING), Julian Brandt (Bayer Leverkusen-ALE), Mario Gomez (Wolfsburg-ALE) e Timo Werner (Leipzig-ALE). EFE