Claressa Shields vê possível luta com Amanda Nunes como uma das maiores da história

No que depender da vontade de Claressa Shields e Amanda Nunes, esse confronto entre elas vai sair mais rápido do que muita gente imagina. Após a brasileira chamar a pugilista para um duelo de MMA, foi a vez da americana falar sobre um possível confronto ente elas e se mostrou bastante empolgada com essa oportunidade.

Em conversa com os jornalistas no último sábado (14), a multicampeã do boxe revelou que acredita que um combate com Amanda seria um dos maiores da história do esporte. Apesar da brasileira afirmar que gostaria de realizar essa luta nas regras do MMA, Claressa pensa primeiramente em fazer dentro de um ringue da nobre arte.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Dana White disse que Amanda faria qualquer coisa. Ela sente que é a ‘GOAT’ (sigla em inglês para ‘melhor de todos os tempos’) no MMA, e eu sou a ‘GOAT’ no boxe. Seria uma das maiores lutas da história do boxe. Acho que ninguém nunca viu duas mulheres jovens, no seu auge, com fome e que simplesmente não querem perder. Então acho que eu e ela faríamos uma daquelas lutas que as pessoas realmente veem fogos de artifício”, disse, não descartando encarar a ‘Leoa’ no octógono.

“Para mim o boxe é a minha paixão e adoraria fazer isso no ringue, mas também sou uma pessoa justa. Se ela vier ao meu mundo, serei mais que bem-vinda ao seu mundo”, completou, em trecho transcrito pelo site ‘MMA Junkie’.

Em suas últimas entrevistas, Claressa sempre deixou em aberto a possibilidade de migrar para o MMA. Agora com esse duelo contra Amanda batendo em sua porta, isso pode acelerar ainda mais esse processo. De acordo com a pugilista, a ideia é primeiro lutar com a brasileira em um ringue e em 2021 no octógono.

“Sempre que assinamos e selamos um acordo, preciso saber quanto tempo para me preparar para entrar no octógono e não estou falando de seis meses ou um ano, mas sim um tempo real em que eu possa ter uma chance. Sinto que tenho uma chance agora, mas uma vez que vamos para uma luta de chão, tenho que aprender isso. Como atleta olímpica, sei que posso aprender um esporte diferente e mais rápido do que uma pessoa comum”, finalizou.

Ainda sem data confirmada para enfrentar Amanda Nunes, Claressa Shields encara Ivana Habazin no próximo dia 10 de janeiro, em Atlantic City (EUA). A disputa terá em jogo os cinturões super meio-médio do Conselho Mundial de Boxe (WBC) e da Organização Mundial de Boxe (WBO), atualmente vagos.

Leia também