Com clássicos, semifinais da Copa da Inglaterra acontecem em Wembley

As duas semifinais da Copa da Inglaterra acontecem neste fim de semana e colocam frente a frente quatro das principais equipes do país. O estádio Wembley receberá os dois confrontos. No sábado, às 13h15 (de Brasília), Chelsea e Tottenham fazem clássico londrino. No domingo, às 11, Arsenal e Manchester City também se enfrentam.

A principal novidade das semifinais pode ser a volta de Gabriel Jesus. O técnico Pep Guardiola confirmou que o brasileiro viajará com a delegação. As chances de o ex-palmeirense jogar, porém, ainda são pequenas. Ele, definitivamente, não será titular.

Pelo lado do Arsenal, a Copa da Inglaterra é a última chance de um título na temporada. Com desempenho abaixo do esperado, além de correr o risco de ficar fora da próxima Liga dos Campeões, os londrinos esperam, pelo menos, uma conquista.

“A Copa da Inglaterra é muito importante por ser o nosso próximo desafio e também por ser a nossa chance de conquistar um troféu”, analisou o técnico Arsene Wenger, pressionado pelos maus resultados.

No outro duelo, Chelsea e Tottenham repetem a disputa que travam também no Campeonato Inglês. Os dois primeiros colocados do Nacional esperam também avançar na Copa para tentar a dobradinha no fim da temporada.

Para a partida, o técnico Antonio Conte deve ter problemas para montar a defesa. O zagueiro Cahill teve febre, perdeu alguns treinos e dificilmente atuará. Por outro lado, o goleiro Courtois, que ficou fora no último jogo, contra o Manchester United, deve voltar.

O Tottenham, por sua vez, busca atingir a final da Copa da Inglaterra para seguir sonhando com o título que não conquista desde 1991. O zagueiro Alderweireld garantiu que o time de Mauricio Pocchetino vai ganhar, ao menos, um título nesta temporada.

O jogo deve contar também com homenagens a Ugo Ehiogu, ex-técnico das categorias de base do Tottenham, que faleceu aos 44 anos, após sofrer ataque cardíaco na última quinta-feira. Nas redes sociais, vários dos jogadores do clube demonstraram tristeza com a situação.

Leia também