Clássico contra o Vasco pode ser jogo chave para Damião e Márcio Araújo

Apesar do Flamengo já ter garantindo vaga nas semifinais do Campeonato Carioca, tendo confirmado a sua campanha entre as quatro melhores da competição depois da vitória por 3 a 0 sobre o Bangu, o clássico contra o Vasco vale mais do que a dignidade do time.

Com jogo pela Copa Libertadores somente no dia 12 de abril, o técnico Zé Ricardo confirmou força máxima para o clássico dos milhões que será disputado em Brasília e garantiu que o Flamengo está em busca do título da Taça Rio.

Com os desfalques de Diego, Paolo Guerrero e Miguel Trauco, que já não atuaram contra o Bangu por estarem servindo suas respectivas seleções, Lucas Paquetá, Leandro Damião e Renê poderão mostrar suas qualidades novamente. 

Quem também não entrará em campo é o volante Rômulo, que diagnosticado com desgaste na panturrilha direita, seguirá fora do time. Márcio Araújo ocupa novamente a vaga do camisa 27.

No caso de Leandro Damião e Márcio Araújo, em especial, o clássico contra o Cruzmaltino pode ser uma grande oportunidade para se consolidarem nesta temporada. Depois de balançar as redes três vezes contra a Portuguesa, o atacante teve seu contrato renovado até o final da temporada. Já o volante, briga pela vaga de titular que está totalmente aberta.

Márcio Araujo Flamengo x Bangu


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Contratado como reserva imediato de Paolo Guerrero, Damião começou bem a sua trajetória com a camisa do Flamengo mas logo caiu de produção frustrando a torcida. Em 2016, ele balançou as redes em apenas três oportunidades pelo Rubro-Negro, todas de pênalti.

Nesta temporada, contra o Bangu, chegou aos 4 gols ultrapassando a marca do ano passado. Na última partida, Zé Ricardo optou por começar com Felipe Vizeu de titular, o jovem atacante não conseguiu furar o bloqueio adversário e no segundo tempo, Damião subiu mais alto que todo mundo para deixar sua marca.

Leandro Damião Flamengo Macaé Carioca 01022017


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Com as constantes idas de Paolo Guerrero para a Seleção, e a pressão por gols decisivos do camisa 9, Damião terá a oportunidade de contra um grande rival fazer a alegria da torcida e mostrar que merece ser ainda mais utilizado pelo treinador, já que concorre com Vizeu ao posto de reserva imediato do peruano.

Com Márcio Araújo a coisa parece um pouco menos complicada, ainda sem a forma ideal, Rômulo vem recebendo algumas críticas por suas atuações e o entendimento com Willian Arão dentro de campo parece um pouco confuso.

Na vitória sobre o Bangu, Márcio Araujo foi ao lado de Renê e Pará um dos destaques da partida, mostrando seu poderio defensivo e a qualidade no passe curto e simples. A própria característica do volante deixa Willian Arão mais confortável para fazer bem a ligação entre a defesa e o ataque e chegar como elemento surpresa dentro da área adversária.

Agora, tanto Damião quanto Márcio Araújo, terão a oportunidade de disputar um clássico importante como titular e serem verdadeiramente colocados a prova para deixar Zé Ricardo com a "pulga atrás da orelha".