Clássico abre semifinais do Estadual do Rio neste sábado

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Fluminense e Vasco abrem às 19h deste sábado (22), no Maracanã, a semifinal do Estadual do Rio. Será o segundo duelo entre as equipes neste ano, após quase três meses desde o primeiro clássico.

O único encontro entre os times nesta temporada ocorreu na primeira rodada da Taça Guanabara, em 29 de janeiro. Na ocasião, a equipe tricolor venceu por 3 a 0. De lá pra cá, muita coisa aconteceu.

O Fluminense foi campeão do primeiro turno do campeonato -o que garantiu a vantagem do empate nesta semifinal-, chegou às oitavas de final da Copa do Brasil e disputou outros quatro clássicos -dois empates com Flamengo, além de uma vitória e um revés em duelos com o Botafogo.

Já o Vasco trocou o técnico Cristovão Borges por Milton Mendes, venceu a Taça Rio e acumulou cinco dérbis -dois empates e uma derrota diante do rival rubro-negro, junto de um triunfo e um empate frente ao time de General Osório.

Recentemente, ainda aconteceram problemas de Justiça. Os dois se confrontaram ao longo desta semana para decidir o palco do clássico. O Fluminense garantiu o local da partida após um mandado junto ao TJD-RJ (Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Rio de Janeiro); o Vasco tentou recurso, mas teve pedido negado.

Além disso, as direções dos times reavivaram a antiga discussão sobre o lado das torcidas no estádio. O clube tricolor faz valer um acordo com a concessionária do Maracanã para abrigar seus torcedores à direita das cabines de rádio; enquanto o time de São Januário argumenta ter conquistado o setor após ter sido o primeiro campeão do local, nos anos 1950. Neste final de semana, o Fluminense terá preferência.

Polêmicas a parte, a equipe de Abel Braga deverá ser praticamente a mesma que venceu o Goiás por 3 a 0 na última quarta-feira (19), pelo torneio nacional. As únicas mudanças serão ocasionadas pelos retornos do goleiro Diego Cavallieri e do zagueiro Renato Chaves, que cumpriram suspensão no jogo anterior. Há ainda a possibilidade do atacante Henrique Dourado voltar ao time titular, ele se recupera de uma lesão na coxa direita e treinou com o time nesta sexta (21).

O time das Laranjeiras terá a vantagem do empate para avançar à final da competição. Apesar disso, o técnico tricolor projetou uma postura ofensiva na partida, o que já é um marca da equipe na temporada -foram 51 gols em 23 partidas. “Não vamos entrar contra o Vasco pensando no empate. Nossa forma de jogar não muda, não vou encher meu time de zagueiro e volante. É um jogo decisivo, não tem 180 minutos.”

A formação vascaína também será parecida com a do último final de semana, quando os cruzmaltinos venceram o Botafogo por 2 a 0. A única novidade estará no meio-campo: o experiente Andrezinho, lesionado, dá lugar ao jovem Guilherme Costa.

Sem compromissos além do Estadual, o elenco do Vasco teve cinco dias para se preparar. O técnico Milton Mendes, inclusive, foi ao Maracanã no meio da semana para observar o adversário atuando contra o time goiano. “O Fluminense é uma boa equipe, bem treinada. Vejo um time muito qualificado taticamente, rápido e que possui como característica puxar as equipes para seu campo para poder explorar o contra-ataque. Teremos dificuldades, mas eles também. Possuímos nossas armas e trabalhamos durante a semana em cima das formas que eles podem entrar em campo.”

FLUMINENSE

Diego Cavallieri, Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo; Douglas, Orejuela e Sornoza; Richarlison, Pedro e Wellington. Técnico: Abel Braga.

VASCO

Martín Silva, Gilberto, Rafael Marques, Rodrigo e Henrique; Jean, Douglas, Guilherme Costa, Nenê e Yago Pikachu; Luis Fabiano. Técnico: Milton Mendes.

Local: Maracanã, no Rio

Juiz: Rodrigo Nunes de Sá