City vence United (3-1) e coloca um pé na final da Copa da Liga Inglesa

AFP
Kevin de Bruyne, Riyad Mahrez e Bernardo Silva foram fundamentais na vitória do Manchester City sobre o Manchester United nesta terça-feira pela Copa da Liga Inglesa
Kevin de Bruyne, Riyad Mahrez e Bernardo Silva foram fundamentais na vitória do Manchester City sobre o Manchester United nesta terça-feira pela Copa da Liga Inglesa

O Manchester City deu um passo importantíssimo rumo a sua classificação para a final da Copa da Liga Inglesa ao vencer em pleno Old Trafford o Manchester United por 3 a 1, no jogo de ida das semifinais deste torneio.

Atuais campeões da competição, os jogadores comandados pelo técnico Pep Guardiola deram uma aula de futebol para seus rivais.

Para evitar os erros na criação e nas saídas de bola contra o United, o treinador espanhol recuperou o esquema tático usado em Barcelona, quando colocava Lionel Messi como falso 9 em um sistema repleto de meias.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Desta vez, coube ao português Bernardo Silva fazer essa função acompanhado de Raheem Sterling e Riyad Mahrez em uma linha ofensiva à frente de um trio criativo formado pelo belga Kevin de Bruyne, o espanhol Rodrigo Hernández e o alemão Ilkay Gündogan.

A aposta deu certo, e Bernardo Silva, eleito o melhor da partida abriu o placar com um golaço de fora da área (17) e deu assistência para o argelino Riyad Mahrez (33) ampliar.

O terceiro gol dos 'Citizens', que veio antes do intervalo, foi um gol contra do zagueiro brasileiro Andreas Pereira (3-0), empurrando uma bola que havia sido defendida por David De Gea.

O time local foi mais agressivo no segundo tempo, mas só conseguiu marcar um gol, por meio de Marcus Rashford, a 20 minutos do final.

O castigo poderia ter sido ainda maior para os jogadores comandados pelo técnico norueguês Ole Gunnar Solksjaer. Sterling perdeu uma chance com o gol vazio no fim do primeiro tempo (43) e Mahrez chutou na trave logo no início da segunda etapa (54).

Uma virada no jogo de volta dentro de duas semanas no Etihad Stadium parece uma missão quase impossível para um United muito inferior, apesar de ter vencido seu eterno rival em sua casa há um mês (2-1) no Campeonato Inglês.

A outra semifinal nesta quarta-feira será entre Aston Villa e o vice-líder da Premier League, o Leicester City.

Leia também