City vence fácil o Manchester United e fica com boa vantagem em semifinal da Copa da Liga Inglesa

De Bruyne, Mahrez e Bernardo Silva: trio brilhou contra o United pela Copa da Liga Inglesa (Foto: PAUL ELLIS / AFP)
De Bruyne, Mahrez e Bernardo Silva: trio brilhou contra o United pela Copa da Liga Inglesa (Foto: PAUL ELLIS / AFP)


Ficou barato. Em um clássico com somente uma equipe em campo, o Manchester United foi derrotado pelo Manchester City por 3 a 1 e garantiu uma ótima vantagem na semifinal da Copa da Liga Inglesa, nesta terça-feira, no Old Trafford. Equipe de Pep Guardiola construiu a vitória toda na primeira etapa, Bernardo Silva, Mahrez e Andreas Pereira (contra) marcaram os gols. Rashford descontou no segundo tempo para os donos da casa.

O duelo de volta do clássico inglês está marcado para o próximo dia 29 de janeiro. A outra semifinal da Copa da Liga Inglesa é entre Leicester e Aston Villa. Jogo de ida será nesta quarta-feira, no King Power Stadium.

Golaço no início
As equipes começaram o jogo se estudando muito e o duelo era igual até os 20 minutos da primeira etapa. Foi aí que Bernardo Silva apareceu. O português recebeu de Walker pela direita, carregou a bola até a entrada da área e acertou um lindo chute, no ângulo do goleiro De Gea.

United sentiu

Os donos da casa não conseguiram mais jogar após levar o primeiro gol do City e a equipe de Pep Guardiola dominou completamente a partida. Aos 32, com o United tentando ir ao ataque de forma desorganizada, Bernardo Silva ligou um ótimo contra-ataque com Mahrez, que driblou De Gea e chutou para o gol vazio. O City não diminuiu a intensidade e marcou o terceiro. Aos 39, em mais um contragolpe avassalador, De Bruyne recebeu na área, aplicou um drible desconcertante em Phil Jones e bateu de esquerda. De Gea fez grande defesa, mas a bola bateu em Andreas Pereira no rebote e entrou. O City ainda assustou o gol de De Gea mais vezes no primeiro tempo e o placar parcial da partida ficou barato.

Rashford desconta
O Manchester City voltou com uma postura mais defensiva no segundo tempo, administrando o resultado e dificultando a criação do United. Aos 24, em uma jogada rápida dos donos da casa, Rashford escapou bem pela direita e conseguiu descontar. O gol de Rashford dá esperanças ao torcedor do Manchester United para tentar uma virada no próximo dia 29 de janeiro, quando as equipes voltam a se enfrentar.









Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também