City aprendeu com contratempos na Liga dos Campões, diz Gundogan

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Ilkay Gundogan, do Manchester City
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Simon Evans

MANCHESTER, Inglaterra (Reuters) - O Manchester City aprendeu lições de seus fracassos anteriores na Liga dos Campões, e sua estabilidade defensiva recém-descoberta é essencial para sua chegada à final, disse o meio-campista Ilkay Gundogan antes do confronto de sábado com o Chelsea.

A derrota surpreendente do City nas quartas de final da temporada passada para o Olympique de Lyon foi um golpe que provocou autocríticas no time, e Gundogan disse que foi preciso algum tempo para superá-la.

"Para mim, pessoalmente, levou algum tempo, para ser sincero, porque foi uma decepção grande e algo que talvez não esperássemos, perder aquele jogo, nós nos sentíamos muito bem, estávamos confiantes e, obviamente, quando você se sente assim e perde, fica frustrado, fica triste, pode ficar um pouco bravo", disse ele.

A derrota de 3 x 1 na partida única em Lisboa foi a mais recente de uma série de eliminações da Liga dos Campões nas quais a defesa falhou com o City, mas Gundogan disse que o time deste ano está muito mais firme na retaguarda.

"Neste ano, um par de coisas cruciais mudou, lembro que antes, contra o Mônaco, tomamos três gols em casa, o mesmo contra o Tottenham e depois o Lyon."

"Neste ano, estamos tão estáveis no fundo que isso nos ajudou a vencer ainda mais. Estamos fortes, estáveis, isto é muito importante nestes momentos cruciais nos grandes jogos. Defender bem, não tomar gols, é uma grande vantagem."