Cirstea revela: 'Me disseram que era melhor ser bonita que Nº1 e feia'

Sorana Cirstea. Crédito: Fotojump


Em entrevista ao podcast romeno La Fileu, a ex-top 21 e atual 38ª da WTA, Sorana Cirstea, falou sobre uma conversa problemática que teve ao ouvir que era 'melhor ser bonita que não ser número 1 do mundo e feia' em reunião com a marca de material esportivos Adidas.

"Lembro de quando assinei um contrato com a Adidas. Sabiam que eu vinha bem para ser atleta e me diziam que era melhor ser uma top 20 e considerada bonita, que não ser número 1 e ser feia. Quando você está no top 20, as pessoas aparecem de todos os lugares, estão ali 24 horas por dia, 7 dias por semana e em todos os torneios. Quando me disseram aquilo, entendi que eles têm suas cotas e que tudo é um mercado", pontuou ela que passou quase 10 anos como atleta contratada da Adidas e que atualmente tem patrocínio da marca New Balance.