As cinco melhores finais da história da Copa América

·2 minuto de leitura

Está chegando aquela época tão amada pelos torcedores: a Copa América. O torneio de seleções mais antigo do mundo não costuma deixar a desejar quando o assunto é competitividade, emoção, placares histórico e, claro, decisões eletrizantes. A edição de 2021 começa no dia 11 de junho e irá reunir dezenas de talentos em uma competição de tirar o fôlego.

A seguir, revisitamos as cinco melhores finais da Copa América.

5. Equador (1993)

Argentina levantou seu último troféu do torneio nesta edição. | TIMOTHY A. CLARY/Getty Images
Argentina levantou seu último troféu do torneio nesta edição. | TIMOTHY A. CLARY/Getty Images

No dia 4 de julho de 1993, no Estádio Monumental de Guayaquil (EQU), a Argentina conquistou seu último troféu do torneio (até agora) ao aplicar 2 a 1 no México, com dois gols de Batistuta. Goycochea, Redondo, Simeone, Ruggeri e Alfio Basile como treinador, foram alguns dos protagonistas daquele título.

4. Colômbia (2001)

Colômbia vivia situação política complicada na ocasião. | FABIAN GREDILLAS/Getty Images
Colômbia vivia situação política complicada na ocasião. | FABIAN GREDILLAS/Getty Images

Vivendo um contexto político complicado, a Colômbia não só organizou como conquistou a 40ª edição da Copa América de forma invicta. A final aconteceu contra o México, que acabou sendo derrotado por 1 a 0 com gol de Iván Córdoba. No El Campín, a partida teve dois expulsos e coroou a primeira taça dos colombianos.

3. 1975

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Foi uma edição, no mínimo, diferente. Pela primeira vez na história, não houve sede fixa, além da final ter sido completamente atípica: três jogos para coroar o grande vencedor. Na primeira decisão, a Colômbia venceu o Peru por 1 a 0, que mais tarde devolveu a derrota aplicando 2 a 0. No grande desempate, Hugo Sotil balançou as redes e deu o título aos peruanos.

2. Uruguai (1995)

Sergio Martinez foi um dos protagonistas do Uruguai. | ALEJANDRO PAGNI/Getty Images
Sergio Martinez foi um dos protagonistas do Uruguai. | ALEJANDRO PAGNI/Getty Images

Campeão em casa? Enzo Francescoli, um dos maiores nomes do Uruguai, conduziu o time nacional do seu país à grande final contra o Brasil, embora tenha sido Bengoechea o autor do gol na decisão. Após 1 a 1 no tempo regular, os uruguaios aplicaram 5 a 4 nos pênaltis. Túlio Maravilha balançou as redes pelos visitantes, mas errou nas penalidades finais.

1. Peru (2004)

Adriano foi um dos grandes personagens da decisão. | AFP/Getty Images
Adriano foi um dos grandes personagens da decisão. | AFP/Getty Images

Sempre quando falamos em grandes decisões da Copa América iremos lembrar desta partida. Argentina de Bielsa contra o estrelado Brasil. O tempo regular terminou em 2 a 2 e, nos pênaltis, os brasileiros sacramentaram um imponente 2 a 4. O pesadelo das seleções adversárias? Adriano Imperador, que foi artilheiro da competição com sete gols.