Cidade de São Paulo vacinou 50% do público com mais de 90 anos; postos drive-thru começam a funcionar

Anita Efraim
·2 minuto de leitura
SAO PAULO, Feb. 5, 2021 -- A woman receives a dose of CoronaVac, a vaccine against COVID-19 from China, on the first day of inoculation for people over 90 years old, in Sao Paulo, Brazil, on Feb. 5, 2021. (Photo by Rahel Patrasso/Xinhua via Getty) (Xinhua/Rahel Patrasso via Getty Images)
Idosos a partir do 90 anos começaram a ser vacinados em São Paulo em 5 de fevereiro (Foto: Xinhua/Rahel Patrasso via Getty Images)

Em dois dias, a cidade de São Paulo vacinou 50% do público esperado com mais de 90 anos contra a covid-19. Segundo dados da prefeitura da capital, 16.360 pessoas da faixa etária receberam a primeira dose da CoronaVac ao longo dos dois primeiros dias da campanha de vacinação para idosos. A expectativa é vacinar 32.837 pessoas com mais de 90 anos.

A vacinação começaria nesta segunda-feira, 8, mas foi antecipada para a última sexta-feira, 5, e também aconteceu ao longo do sábado, 6. Até domingo, 204,9 mil pessoas já haviam recebido a primeira dose na capital paulista.

Nesta segunda-feira começam a funcionar os cinco postos drive-thru de vacinação. O serviço está disponível entre 8h e 17h, de segunda a sexta. São eles:

- Praça Charles Muller - Estádio do Pacaembu (Zona Oeste);

- Neo Química Arena Corinthians (Zona Leste) - (Corinthians);

- Autódromo de Interlagos (Zona Sul) - Rua Jacinto Júlio – Portão 9 – KRF;

- Centro de Exposições do Anhembi (Zona Norte) - Rua Olavo Fontoura – Portão 38;

- Igreja Boas Novas, na Vila Prudente (Zona Leste) - Rua Marechal Malet, 611 - Parque da Vila Prudente.

Leia também:

Além disso, a vacina está disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde da capital, entre 7h e 19h. Ao todo, são 468 UBS na cidade de São Paulo.

Até o momento, a vacinação continua sendo para pessoas com mais de 90 anos. A partir de terça-feira, 9, profissionais de saúde autônomos também serão contemplados e poderão ser imunizados nas UBS e nos postos drive-thru.

A vacinação de idosos a partir dos 85 anos está prevista para começar no próximo dia 15. Ainda não há confirmação se a data será antecipada.

Segundo a secretaria de Saúde da capital, idosos com dificuldade ou incapacidade de locomoção podem entrar em contato com a Unidade Básica de Saúde mais próxima e pedir para que equipes de Estratégia de Saúde da Família vão aplicar a vacina em domicílio.

A expectativa da prefeitura é que, a partir do dia 20 de janeiro, a segunda dose da CoronaVac passe a ser aplicada.