Ciúme? Empresário de Gabigol explica insucesso do jogador na Europa

Lucas Humberto
·1 minuto de leitura

A passagem apagada de Gabigol pela Europa sempre é o argumento número um dos rivais no momentos das críticas. O atacante defendeu as cores do Milan e Benfica, mas teve participações discretas e não conseguiu deixar sua marca, como vem fazendo no Flamengo. Vale lembrar que o camisa 9 divide o posto de maior artilheiro do Rubro-Negro no século XXI com Renato Abreu, sendo que ambos possuem 73 gols.

Contudo, o motivo da frustrada passagem pelo Milan é, no mínimo, curioso. Segundo Wagner Ribeiro, empresário do jogador, Gabigol foi motivo de ciúmes no País da Bota. Na ocasião, o clube italiano pagou R$ 108 milhões para tirar o atleta do Santos.

O representante de Gabigol ressalta que ele não errou em sua trajetória no Velho Continente e detalha sobre seu insucesso: "Como poderia dar certo, se não jogou? Ele chegou à Inter, e fizeram uma festa enorme em um teatro. Todo mundo de black-tie. Uma festa muito maior que a do Kaká. Isso causou ciúmes no Zanetti, que era diretor do clube, e no Icardi, que era dono do time. Isso é dedução minha, mas os dois argentinos ficaram com ciúmes dele".

Icardi atualmente está no PSG. | Emilio Andreoli/Getty Images
Icardi atualmente está no PSG. | Emilio Andreoli/Getty Images

Com informações do UOL Esportes.