Chuteiras de Ouro de Jardel são encontradas após assalto; prêmios estavam sendo desmontados

·1 minuto de leitura

Quatro prêmios do ex-jogador Mário Jardel, ídolo do Grêmio, foram encontrados após assalto a casa do ex-atacante na madrugada desta quarta-feira. A Polícia Civil do Estado do Ceará encontrou as duas Chuteiras de Ouro, a Chuteira de Prata e a Chuteira de Bronze em uma casa no bairro Luciano Cavalcante, em Fortaleza. Um suspeito foi preso no local. 

- A Polícia Civil do Estado do Ceará recuperou, nesta quinta-feira, quatro troféus em forma de chuteiras, pertencentes ao ex-jogador Mário Jardel, furtadas na madrugada de quarta-feira da residência do ex-atleta, no bairro de Lourdes, na Área Integrada de Segurança 10 (AIS 10) de Fortaleza. Um suspeito foi preso em flagrante - divulgou a Polícia. 

Leia também:

- Venho aqui agradecer a cada um de vocês que compartilharam o furto das minhas chuteiras, a Polícia do estado do Ceará que fez um trabalho maravilhoso e incansável, Delegacia de Roubos e Furtos e o RAIO/PMCE. Obrigado a todos, de coração - agradeceu o ex-atacante em seu Instagram.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

As premiações, como as Chuteiras de Ouro da Uefa, eram encaradas como um dos maiores trunfos do atacante que é considerado o maior goleador da Europa entre os anos de 1999 e 2002. Em 1997, quando atuava pelo Porto, de Portugal, a chuteira de prata foi conquistada. O prêmio de bronze foi levado em 2000, quando o campeão da Libertadores em 1995 pelo Grêmio defendia o Galatasaray. Jardel ainda venceu títulos importantes como o Campeonato Português em quatro oportunidades.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos