Chromebooks devem adicionar “lixeira” embutida por padrão em breve

Wagner Wakka
·1 minuto de leitura

O Google está corrigindo um dos problemas mais simples e irritantes dos Chromebooks: a falta de uma lixeira para os arquivos. A companhia lançou o Chrome OS 86 no último dia 13 que ainda não conta com o recurso, mas já revela que a opção está em testes.

Usuários encontraram uma flag chamada #files-trash (termo inglês para lixeira), onde se poderia recuperar arquivos eliminados do Chromebook. Ao ativá-la, o sistema operacional passaria a mostrar uma pasta de lixo dentro do diretório "files". A proposta é reservar os documentos ali antes de serem realmente eliminados por completo. Assim, caso você precise recuperar alguma coisa foi apagada erroneamente, ainda haveria tempo de salvar.

O Chrome OS não contava com esta possibilidade, pois a proposta inicial dos Chromebook era de ser um aparelho conectado sempre ao Google Drive, que oferece relativa com pouca capacidade gratuita de armazenamento interno. Contudo, o Google tem trabalhado para fazer o sistema operacional ficar mais funcional quando estiver desconectado da web, incluindo mecanismos como este.

Apesar do flag, ainda não há previsão de quando a funcionalidade será adicionada oficialmente por padrão ao Chrome OS.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: