China já considera cancelar etapa em Sanya por ameaça do coronavírus

Redação GP
Grande Prêmio

A Fórmula E tem buscado soluções para o eP de Sanya, que acontece no próximo dia 21 de março. Com a crescente ameaça do coronavírus, a categoria estuda até mesmo a possibilidade de cancelar a etapa, afirmou o Motorsport.

 

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Na última quinta-feira, a Organização Mundial da Saúde declarou Emergência de Saúde Pública Global por conta da nova doença que tem se espalhado no mundo. De acordo com recentes informações, já são 19 os países com casos ou suspeitas do vírus.

 

O certame de Alexandre Agag chega em terras chinesas para a terceira etapa da temporada, além do segundo eP do Jaguar I-Pace eTrophy. Desde cedo a FE já havia informado que acompanha de perto a situação.

 

Se antes a categoria afirmava que a prova iria acontecer, agora dúvidas rondam a realização da disputa. Além de um possível cancelamento, uma opção vista seria adiar a passagem pela China e deixar mais para o final da temporada.

O eP de Sanya pode não acontecer (Foto: Reprodução/Audi)



A prova em Sanya poderia ser encaixada próxima das outras etapas asiáticas – Seoul recebe a FE no dia 3 de maio, enquanto Jakarta tem o eP programado para o dia 6 de junho. Mas essa opção ainda pode ser problemática caso o coronavírus siga sendo uma ameaça.

 

Caso a prova seja realmente cancelada, a categoria pode adicionar uma segunda corrida para as etapas europeias. Uma solução é tornar o eP de Nova Iorque uma rodada dupla pelo quarto ano consecutivo.

 

Após o alerta emitido pela OMS, a FE disse ao site ‘Autosport’ que “estamos cientes da situação, que rapidamente está evoluindo. A saúde e segurança de nossa equipe e todos os participantes do campeonato é de maior importância. Seguimos monitorando a situação e queremos tomar a decisão no tempo certo, junto com a FIA e nossos parceiros locais”.

 

Outra preocupação que está no colo da FIA é a etapa da China da Fórmula 1. A principal categoria do automobilismo mundial está com passagem garantida pelo país em maio, com a entidade já deixando claro que monitora o caso.


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo


O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.


Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.






Leia também