Chile vence Peru (2-0) em Santiago nas Eliminatórias com dois gols de Vidal

·2 minuto de leitura
Arturo Vidal comemora com Erick Pulgar um gol do Chile contra o Peru na partida das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022 em Santiago no dia 13 de novembro de 2020
Arturo Vidal comemora com Erick Pulgar um gol do Chile contra o Peru na partida das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022 em Santiago no dia 13 de novembro de 2020

Com uma grande atuação de Arturo Vidal, autor dos dois gols, o Chile derrotou o Peru por 2 a 0 nesta sexta-feira, em Santiago, pela terceira rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar-2022.

Um golaço de fora da área aos 20 minutos e um segundo aos 35 fizeram de Vidal o grande destaque do triunfo chileno na partida disputada no Estádio Nacional.

Vidal levou sua seleção a um triunfo importante, o primeiro após três rodadas do torneio, sobre o Peru que não encontrou o bom jogo e a velocidade que costuma exibir, apesar da estreia de seu novo atacante Gianluca Lapadula.

Com este resultado, o Chile soma 4 pontos e está ao lado da Colômbia na sexta colocação, enquanto o Peru permanece com um ponto na nona colocação.

Na quarta rodada, a 'Roja' vai visitar a Venezuela na terça-feira, enquanto os peruanos receberão a Argentina de Lionel Messi.

- Gols de Vidal -

O Chile conseguiu dominar o meio-campo logo no início do jogo, o que liberou Arturo Vidal da função de defender e permitiu que ele se dedicasse à busca do gol peruano, o que rapidamente alcançou com uma jogada surpreendente.

Vidal recebeu pela esquerda da área peruana e sem pensar disparou uma bomba no ângulo do gol de Pedro Gallese, que mal conseguiu acompanhar a trajetória da bola.

Alexis Sánchez jogou apenas alguns minutos devido a seus problemas físicos, e coube a Vidal se transformar no homem-gol.

Um cruzamento agora da direita do atacante Fabián Orellana não foi bem afastado pelos peruanos e Vidal mostrou elasticidade e mais uma vez superou Gallese.

No fim do primeiro tempo, uma desatenção da defesa chilena deixou Raúl Ruidíaz praticamente sozinho na frente do gol mas, quando se preparava para marcar, o goleiro Claudio Bravo atrapalhou com uma grande defesa.

- Sánchez freia o Peru -

No segundo tempo, o Chile perdeu a ligação entre o meio-campo e os atacantes e deu o controle aos peruanos, cujo técnico, o argentino Ricardo Gareca, percebeu a mudança e colocou em campo o atacante ítalo-peruano Gianluca Lapadula, para tentar uma reação.

Em sua primeira jogada, ficou no mano a mano com o goleiro Bravo, que evitou o gol.

A seleção peruana pressionou durante grande parte do segundo tempo e o Chile solidificou sua defesa sob o comando de Vidal, que se tornou mais um zagueiro.

Sánchez, companheiro de equipe de Vidal na Inter de Milão, não jogou como titular contra o Peru devido a uma lesão de última hora, mas conseguiu entrar nos últimos 10 minutos durante os quais recuperou a bola para a 'Roja', que segurou a vitória até o final.

msa/pa/ma/aam